Carnaval 2016

Carnaval 2016

 

Como todo brasileiro, eu adoro carnaval. E finalmente depois de 5 anos eu tive oportuindade de curtir o carnaval brasileiro outra vez.

Sim, carnaval brasileiro porque o carnaval não é uma festa exclusiva daqui do Brasil. O carnaval teve origem na Mesopotâmia, se expandiu para vários países, e chegou no Brasil durante o período da colonização. Hoje em dia entre os carnavais mais populares destaca-se o caribenho e o veneziano, além do brasileiro, é claro. Mas também existe carnaval na Alemanha (Cologne) e nos E.U.A (Nova Orleans).

Como todo bahiano carnaval pra mim é, ou melhor, era, sinônimo de trio elétrico e axé music. Embora tenha assistido várias vezes os desfiles das escolas de samba do Rio e São Paulo pela televisão, e curtido o carnaval de rua do Rio, o meu deleite era o carnaval bahiano.

Mas nada melhor do que viver e experienciar coisas novas !!

São Paulo

 

O Carnaval de São Paulo é relativamente recente em comparação com os outros grandes carnavais, mas está ficando cada vez mais popular, maior e melhor. Este ano, São Paulo teve mais de 300 blocos movimentando cerca de R$ 400 milhões em negócios.

Pela primeira vez passei carnaval em São Paulo, e fiquei surpreso pois a cidade não estava vazia, e também pela quantidade de blocos. Durante o dia curti com amigos alguns blocos de rua, uns com música eletrônica, outros com axé music e até mesmo canções pop americanas. O carnaval de rua de São Paulo é tão diverso quanto a cidade, e ocorre em geral no centro e na Vila Madalena. Mas a verdade é que o carnaval se espalhou por toda a cidade, e alguns blocos se apresentam até mesmo antes do carnaval começar oficialmente, como o Baixo Augusta, o Gambiarra e o Chá da Alice, por exemplo, que se saem nas ruas um domingo antes do carnaval.

 

 

Brazilian Carnival

Somando-se ao carnaval de rua, o Sambódromo do Anhembi tem uma programação de quatro dias (de sexta à segunda), e as escolas de samba de São Paulo estão se tornando cada vez mais melhores.

Pela primeira vez eu desfilei numa escola de samba, e foi uma experiência emocionante. Fiquei extremamente feliz por fazer parte deste que é considerado o maior espetáculo da Terra.

Rio de Janeiro

 

Rio tem provavelmente o carnaval brasileiro mais famoso e recebe mais turistas internacionais nessa época do ano do que qualquer outra cidade. O carnaval do Rio é enorme e o gênero popular é o samba, embora o funk carioca também tenha o seu espaço.

Como em São Paulo, também tem o carnaval de rua e o Sambódromo. Porém, Rio tem mais tradição em carnaval de rua e alguns blocos, como o Cordão do Bola Preta por exemplo, reúnem mais de 1 milhão de pessoas.

As escolas de samba do Rio são super profissionais e de altíssima qualidade; elas investem toneladas de dinheiro para criar fantasias luxuosas e carros exuberantes.

No sábado à noite fui com uns amigos ao Sambódromo Marquês de Sapucaí. Pegamos nosso lugar nas frisas, que não podia ser melhor diga-se de passagem: de frente pra pista, e perto do final do desfile.

Chegamos a tempo de ver minha escola de samba favorita: Beija-Flor. O desfile tinha carros enormes com decorações super luxuosas e que reluziam como ouro; um com um grande beija-flor, outro com uma estátua masculina gigante que movia o braço e os dedos… carros alegóricos incríveis e capazes de deixar qualquer um boquiaberto! Havia também fantasias lindíssimas e os membros da escola estavam excessivamente felizes.

O desfile continuou e as outras escolas tiveram inspirações inimagináveis: desde ópera, à mitologia grega, a criação do homem, à colheita. Eu estava completamente sem palavras e totalmente supreso pela criatividade e alta qualidade das escolas de samba.

Os carros que passavam exibiam formas, decorações e temas diferentes. Em um deles, um dragão mexia a cabeça, em outro “engolia” as pessoas; também havia grandes estátuas gregas, pássaros “voando”, robôs, um barco quase naufragando “devido ao mar agitado”, um zepelim, florestas, e um enorme Gulliver que deitava e ficava de pé com as pessoas escalando ele.

 

Gente de todas as idades estavam nos carros alegóricos, desde crianças a idosos com bengalas. Eu até vi pessoas em cadeiras de rodas desfilando… todo mundo ama o carnaval brasileiro.

O público estava cantando, dançando e vibrando com cada escola. A música era contagiante e ninguém ficava parado. Brasileiros e estrangeiros se esbaldavam, porque a final de contas, a ordem era curtir o carnaval.

Estava me divertindo muito com os meus amigos e super grato que um deles me deu este presente de natal atrasado.

E presentes, por falar nisso, recebemos de alguns membros das escolas de samba. Como eles não querem guardar as fantasias e não vão usá-las novamente, é meio que comum “presentear” o público. Por isso ganhamos várias adereços e ficamos ainda mais felizes.

Brazilian Carnival

No final, terminamos curtindo um bloco que saiu do sambódromo com nossas “fantasias”, assim que o desfile acabou, e seguimos todos pelas ruas do Rio do Janeiro. Eu não sei como e de onde tiramos energia para dançar até às 8h da manhã. E algumas pessoas ainda seguiram pro monobloco que começaria às 9h no centro da cidade.

Confesso que estava super cansado, mas eu e meus amigos curtimos o carnaval como nunca. Cheguei em casa às 9h da manhã, e só fui para a cama às 10h. Estava exausto, mas super feliz.

carnaval brasileiro é realmente o maior espetáculo da Terra e tem que ser aproveitado em toda sua diversidade !

Assista o Vídeo: Carnaval 2016.

Links Úteis

 

www2.recife.pe.gov.br

www.bahiatursa.ba.gov.br

www.visit.rio

www.spturis.com

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.