Rio de Janeiro: além de praias e carnaval

Já fui pro Rio várias vezes, no entanto, a maioria das vezes só visitei os famosos pontos turísticos do Rio de Janeiro: Copacabana, Ipanema, o Cristo Redentor, Pão de Açúcar e o centro. Mas a cidade é tão dinâmica e diversa, com tantas opções, especialmente para os amantes da natureza, que me comprometi a explorar melhor essa “Cidade Maravilhosa” na minha próxima visita.

Apesar de ser a segunda maior cidade do Brasil, Rio de Janeiro oferece algumas belas praias, tais como: Copacabana, Ipanema, Barra da Tijuca, Grumari e Prainha. Como adoro uma praia, no primeiro dia passei um tempo com alguns amigos em Copacabana e, em seguida, dei uma longa caminhada no famoso calçadão até Ipanema (cerca de 7 km). Essas duas praias estão no meio da cidade e são ótimas pra tomar sol, porém durante os fins de semana e feriados, é difícil encontrar um lugar na areia, especialmente no verão…

Copacabana Beach, Rio de janeiro
Calçadão de Copacabana, Rio

No final da tarde todos se reúnem na Pedra do Arpoador, um dos famosos pontos turísticos do Rio de Janeiro, para assistir o pôr do sol, e claro que não podia deixar de dar uma passada por lá.

Ipanema Beach, Rio de janeiro.
Pôr-do-sol em Ipanema, Rio.

 Jardim Botânico do Rio

Rio de Janeiro tem a maior floresta urbana do mundo, Floresta da Tijuca, com várias opções de trilhas, cachoeiras e escaladas. A cidade é cercada por morros sendo que alguns deles são acessíveis a pé, proporcionam vistas impressionantes e  se tornaram verdadeiros pontos turísticos do Rio de Janeiro, tais como: Pedra da Gávea, Morro Dois Irmãos, Pedra do Leme e Pedra do Telégrafo. Rio é uma meca para os amantes da natureza !!

No meu segundo dia na cidade, visitei o Jardim Botânico, localizado perto da Lagoa Rodrigo de Freitas. Cheguei lá no início da manhã e a fila ainda era pequena. A bilheteria só aceita dinheiro e o ingresso custa R$ 9. Esse patrimônio da UNESCO foi criado em 1808 e tem mais de 6.500 espécies de plantas e 140 espécies de aves.

Uma das melhores partes do Jardim Botânico é dedicada a preservar as espécies ameaçadas da Mata Atlântica, onde você pode fazer uma trilha de 600m e admirar algumas espécies que provavelmente você nunca viu. Algumas das árvores são realmente enormes e impressionantes como esta Sumaúma ( Ceiba penetrando ) no meio do parque.

Huge samuma at Rio Botanical Garden, Rio de Janeiro.

O Jardim Botânico é um dos pontos turísticos do Rio de Janeiro mais visitados, especialmente por causa de suas gigantescas Palmeiras Imperiais que alinham um caminho 750m que encantam visitantes de todo o mundo. Há também um herbário, um jardim japonês, um bromeliarium, museus, um centro de pesquisa e passeios guiados gratuitos .

Imperial Palm trees at Rio Botanical Garden, Rio de Janeiro.
Imperial Palm trees at Rio Botanical Garden.

Minha visita durou uma hora e meia e quando saí a fila estava enorme. Era quase meio-dia e o céu tinha clareado e o sol estava brilhando. Peguei um ônibus de volta para Copacabana para almoçar, trocar de roupa e sair pra fazer a trilha do Morro Dois Irmãos.

Trilha Morro Dois Irmãos

Confesso que estava super temeroso em fazer essa trilha, em primeiro lugar, porque você tem que passar por uma favela para chegar lá e, segundo, porque ouvi de algumas pessoas que tem riscos de assalto na trilha. Eu estava um pouco apreensivo, mas queria muito fazer essa trilha a qualquer custo…

Deixei meus óculos de sol e carteira no albergue e peguei um ônibus para São Conrado. Desci no ponto da favela do Vidigal, e daí minhas idéias sobre favela começaram a mudar. Havia um carro da polícia na parte inferior do morro, muitos turistas pegando “moto táxis”, e muita gente subindo e descendo… Da van, percebi que a favela era cheia de vida! Depois de 15min de subida numa avenida asfaltada sinuosa e super estreita cheguei ao ponto de partida da Trilha Morro Dois Irmãos e vi um outro carro da polícia. O ponto de partida é um pouco escondido e eu só achei a entrada por causa de dois rapazes que estavam na van comigo.

Rio de Janeiro.
Escadaria de acesso a trilha, Rio.

A Trilha Morro dois Irmãos tem 1,5 km de comprimento, em plena floresta tropical e a maior parte do tempo você anda embaixo da sombra das árvores. O caminho é muito fácil de seguir, completamente seguro e cheio de brasileiros e estrangeiros. A subida é constante nessa trilha, e às vezes tinha que segurar em algumas árvores e esticar as pernas completamente, a fim de alcançar o próximo degrau da trilha. Em alguns pontos, quando olhava para trás, eu podia ver o bairro de São Conrado e sua bela praia com a Pedra da Gávea ao fundo, e também a Rocinha, a maior favela da cidade, e que por sinal se tornou um dos pontos turísticos do Rio de Janeiro.

O tempo no Rio muda muito e super rápido. Então, é importante fazer essa trilha com céu azul completamente limpo. Após 30 minutos cheguei ao cume. A vista era impressionante !! O morro oferece uma vista panorâmica com todos os famosos pontos turísticos do Rio de Janeiro: Corcovado (Cristo Redentor), Lagoa Rodrigo de Freitas, Leblon e Ipanema, e até mesmo o Pão de Açúcar. De lá, eu pude confirmar que o Rio é realmente uma “cidade maravilhosa” e, definitivamente, uma das mais belas do mundo.

Morro Dois Irmãos hike. Vidigal Favela, Rio de Janeiro.
Vista do Morro Dois Irmãos, Rio.

Tive muita sorte e assim que tirei algumas fotos, o tempo mudou completamente a tal ponto que não podia ver nada além de nuvens. Aproveitei a oportunidade para conversar com dois rapazes da comunidade que estavam vendendo bebidas. Me disseram que a Trilha Morro Dois Irmãos é segura e favela mudou muito depois que o governo implantou o programa UPP (União Pacificadora da Polícia), e os policiais que eu conversei também me confirmaram isso. Eles ainda me disseram que as pessoas chegam lá no início da manhã para ver o nascer do sol e outros para ver o pôr do sol.

Levei 20 min para descer o morro, mas como tempo continuava nublado, não pude conferir o Bar da Laje, um bar numa cobertura que virou moda e atrai pessoas de todos os lugares, exatamente por ser numa favela e ter vistas incríveis.

Me senti tão seguro que decidi descer a favela à pé. Esqueça a favela que você viu nos filmes Cidade de Deus e Tropa de Elite. Vidigal hoje em dia simplesmente parece uma comunidade carente de qualquer outro lugar do mundo, com crianças brincando na rua, pessoas jogando cartas, outras escutando música, enfim, todos aproveitando mais uma tarde de domingo. Com certeza, esse não é melhor lugar para passear, mas também acredito que isso deve fazer parte da experiência quando você visita uma cidade cheia de contrastes como o Rio.

Morro Dois Irmãos hike. Vidigal Favela, Rio de Janeiro
Vidigal, Rio.

Visitando o centro do Rio

Meu último dia no Rio decidi passear no centro da cidade e felizmente me esbarrei em um “Free Walking Tour” que estava prestes a começar. Eu amo “Walking Tours” e acredito que é uma das melhores maneiras de aprender sobre o local; e tem vários gratuitos em muitas cidades em todo o mundo…

O passeio começou no Largo da Carioca, um dos primeiros assentamentos portugueses, e que tem até hoje um mosteiro construído em 1617. De lá fomos para o famoso e o mais tradicional café do Rio: Confeitaria Colombo. O local foi inaugurado em 1894 e traz visitantes de volta à Belle Époque, quando o Rio de Janeiro era a capital do Brasil. Ele tem influências Art Nouveau e seus espelhos de cristal gigante vieram da Bélgica e foram emoldurados com jacarandá. Confeitaria Colombo é considerada um dos dez cafés mais bonitos do mundo e foi escolhido pela Rainha Elizabeth para tomar um chá durante a sua última visita a cidade .

Rio de Janeiro.

Depois de alguns brigadeiros, fomos visitar prédios históricos: o Palácio Real, o Palácio Tiradentes, os Arcos da Lapa, e algumas ruas e igrejas importantes. O centro da cidade é dos imperdíveis pontos turísticos do Rio Janeiro, está bem preservado e você ainda pode ver a influência europeia, principalmente a portuguesa e francesa, em muitas casas e edifícios antigos.

O passeio terminou em um dos mais recentes pontos turísticos do Rio de Janeiro: Escadaria Selarón.

Este lugar tornou-se famoso depois que o pintor chileno e ceramista Jorge Selaron começou a cobrir os degraus com azulejos. Ele levou vinte anos para terminar a obra e feita com azulejos doados por pessoas do mundo inteiro. A escadaria tornou-se um marco da cidade em 2005 e atrai milhares de visitantes e artistas.

Após o passeio eu decidi subir a escadaria até Santa Teresa. Esse que foi um bairro aristocrático durante o século XIX,  é cheio de antigos casarões e casas em estilo português, e hoje em dia tornou-se o favorito dos artistas e reune muita gente descolada.

Rio de Janeiro.

Em Santa Teresa, fui a dois lugares muito interessantes: Museu Chácara do Céu e Centro Cultural Parque das Ruínas. Os arquivos são pequenos, mas ambos os edifícios são velhas mansões com jardins e vistas extraordinárias, localizados no topo de um morro e rodeado por belas árvores. É um lugar perfeito para mergulhar na atmosfera do Rio.

 

Depois de visitar os museus continuei meu passeio em Santa Teresa e suas sinuosas e estreitas ruas de paralelepípedos cheias de bons restaurantes, cafés, lojas e estúdios de arte. Tentei pegar o bondinho, uma das linhas ferroviárias de rua mais antigas do mundo, para a Estação Carioca no centro da cidade, mas o mesmo só estava funcionando até 16h.

Arcos da Lapa, Rio de Janeiro.
Arcos da Lapa, Rio.

Devido as Olimpíadas, em agosto de 2016, o Rio está um verdadeiro canteiro de obras, especialmente na zona do antigo porto e do centro. O Museu do Amanhã desenhado por Santiago Calatrava acabou de ser inaugurado e o novo MIS (Museu da Imagem e do Som) ainda está em construção em Copacabana, mas o edifício projetado por Diller Scofidio e Renfro, já chama atenção e provavelmente se tornará mais um ponto turístico do Rio de Janeiro.

Museu do Amanhā, Rio de Janiero.
Museu do Amanhā, Rio.

Rio de Janeiro é uma cidade muito vibrante e cheia de atrações para agradar a todos, desde belíssimas praias, a floresta tropical, trilhas, museus, igrejas, edifícios históricos e paisagens impressionantes. Ao visitar o Rio você pode tirar proveito dessa gama de opções e explorar cada canto desta cidade única.

Visitando o Rio de Janeiro

  • Onde está localizada?

∗ Rio de Janeiro, ou simplesmente Rio, é a capital do Rio de Janeiro (estado) e localizada no Sudeste do Brasil, distante 1.162 km de Brasília, capital do Brasil, e 436 Km de São Paulo, a maior cidade do Brasil.

  • Como chegar lá?

* Existem dois aeroportos no Rio: Galeão, GIG (internacional) e Santos Dumont, SDU (doméstico).

* Mais de 12 companhias aéreas voam para o Rio, algumas delas são: DeltaAirFranceKLMBritish Airways, Aerolíneas Argentinas, Iberia e Emirates.

∗ Para vôos domésticos: AviancaTamGol e Azul (sendo que essas também operam internacionalmente).

* O terminal de ônibus, Novo Rio, fornece ônibus para praticamente todas as capitais e grandes cidades do Brasil e também para países do Mercosul.

∗ Ônibus Copacabana pra Favela do Vidigal: 523

  • Melhor época pra visitar

∗ Rio pode ser visitada durante todo o ano. Os verões são quentes com umidade elevada, e os invernos tem menos chuva e são perfeitos para aproveitar as outras atrações fora as praias.

* Eu diria que a melhor época para visitar o Rio é entre dezembro e março, quando há dois grandes eventos (Ano Novo e Carnaval), mas essa também é a época mais movimentada, cara, mais quente, com e com algumas pancadas de chuva. As temperaturas podem passar dos 40 C.

∗ Em Abril / Maio e Outubro / Novembro também são épocas boas e o clima é mais ameno.

  • Onde eu fiquei?

Eu fiquei no Copa Hostel, em Copacabana.

  • Custos da Viagem

∗ Ônibus São Paulo-Rio com a  Expresso Brasileiro: R$ 84,00 (cada trecho).
∗ Ônibus local: R$ 3,40.
∗ Ingresso do Jardim Botânico: R$ 9,00.
∗ Três noites no Copa Hostel: R$ 146 (com café da minha incluso).

Alguns links importantes

Para mais informações sobre os pontos turísticos do Rio de Janeiro visite as páginas:
 Visit Rio.
Jardim Botânico do Rio.
Rio Free Walking Tour.
Confeitaria Colombo.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.