Morro de São Paulo, Brasil

Morro de São Paulo, Bahia

Morro de São Paulo, ou simplesmente Morro, é uma ilha localizada no sul da Bahia, a 60 km de Salvador (capital da Bahia).

A ilha faz parte do Arquipélago de Tinharé, que é composto por 26 ilhas e foi descoberto em 1531 pelo navegador Português Martim Afonso de Sousa.

Durante os anos 1970, a vila de pescadores ainda era muito pouco desenvolvida e não tinha eletricidade 24 horas por dia, o que só aconteceu em 1985. Desde então, Morro de São Paulo foi descoberta por turistas, começando com hippies e mochileiros, e turistas de cidades vizinhas que visitavam a ilha para explorar as suas belíssimas praias com águas mornas e cristalinas cercada por Mata Atlântica.

Hoje em dia Morro está cheia de estrangeiros, especialmente israelenses e argentinos que vêm para apreciar este assim chamado “Paraíso Tropical”.

Visitei a ilha em Fevereiro de 2016 e gostei muito! Mesmo que a vila pareça ter mudado com o turismo, ela ainda preserva alguns pontos históricos. A natureza, e especialmente as praias, são extraordinários.

Algumas das atrações são:

  • A vilaMorro de São Paulo foi fundada em 1535 por Francisco Romero e sofreu

numerosos ataques por navios holandeses e franceses durante a época colonial, devido à sua importância na cadeia de suprimentos para a capital, Salvador.

A vila tem uma forte e muros que foram concluídos em 1728, o maior sistema de abastecimento de água da época colonial na Bahia, Fonte Grande, construído em 1746, e também um farol construído em 1855.

Hoje, a vila possui restaurantes, lojas e hotéis, e embora a rua principal foi modificada “pra fazer bonito para os visitantes”, a vila ainda é encantadora.

 

As praias : As praias de Morro estão em ordem numérica.

Primeira praia: é a praia mais próxima da vila, com algumas piscinas naturais, hotéis e restaurantes. Me senti como se estivesse no “meio da cidade” nesta praia com um monte de construção no fundo.

Morro de Sao Paulo

Segunda praia: a praia mais movimentada, com muitos restaurantes, cafés, hotéis e festas.

Todos se reúnem aqui, seja durante o dia para desfrutar das piscinas ou praticar esportes (muitas famílias com crianças) ou à noite para desfrutar de música ao vivo e luaus na praia. Você pode praticar SUP e até mesmo jogar futevôlei com os moradores locais.

Terceira praia:  a partir da terceira praia tudo começa a se acalmar, com menos pessoas e menos construções e ótimas acomodações. Esta praia tem piscinas enormes e é super bonita. Também é bom para a prática de caiaque, SUP, snorkeling e há uma ilha próxima onde você pode ir mergulhar.

Quarta praia: a minha favorita em Morro de São Paulo ! Esta praia é muito longa, 4 km, e é perfeita para quem prefere áreas mais tranquilas. A água é muito morna como todos as outras, e tem várias piscinas naturais; mas a melhor coisa é que a única parte com a construção é o começo e depois é só a  vegetação exuberante e pouquíssimas barracas.

Nesta praia você pode pegar uma carruagem para o quinta praia, R$ 30/por pessoa, e até mesmo andar de cavalo, R$ 40/por hora.

Quinta praia: uma praia super exótica, com muitos manguezais e árvores secas. Devido à sua localização remota, cerca de 7 km do povoado, a paia fica praticamente vazia.

É uma longa caminhada para chegar lá, mas a visita vale totalmente à pena; esta praia é muito diferente dos outras.

Apenas esteja ciente da maré e que há poucas barracas (um ou duas).

  • TirolesaMorro de São Paulo tem a maior tirolesa na América do Sul: 70m, e 300m de comprimento. Ela oferece uma vista incrível!

Preço: R$ 40

A partir das 10:00 – 17:00 h.

Morro de Sao Paulo

  • Observar o pôr-do-sol : o famoso local para ver o pôr-do-sol é o farol, e todas as tardes

dezenas de pessoas se reúnem no mirante para desfrutar deste momento de ouro.

Morro de Sao Paulo

  • Vida noturna : Morro é também conhecida por suas festas e atrai um grande número de jovens por causa disso.

As festas mais frequentadas são:

Luau na praia: toda segunda-feira e quinta-feira depois da meia-noite na segunda praia. Durante a alta temporada, um muita gente se reúne nos luaus pra dançar, beber caipirinhas e fazer amigos. Fumar maconha também é comum nessas festas.

Teatro do Morro: a festa mais tradicional de Morro acontece em um morro no meio da mata, toda quarta-feira e domingo com música ao vivo, DJ, performances e capoeira. Começa às 21h e vai toda a noite.

Toca do Morcego: este é uma das baladas mais movimentadas da vila com festas cada terça, sexta e domingo, durante a alta temporada (sextas-feiras e domingos na baixa temporada). Este clube tem uma localização muito privilegiada no topo da falésia e oferece vistas deslumbrantes; por causa disso ele também tem Sunset parties com DJ, música ao vivo e o restaurante está aberto neste momento.

Pulsar Disco Club: todos os sábados com diferentes festas temáticas.

Há também festas no barco em Morro de São Paulo, e um dos mais populares é Sereia Boat (depende da época do ano, mas o barco sai pelo menos duas vezes por semana).

Passeios

Volta na ilha: este é o passeio mais procurado e te leva para Boipeba (piscinas naturais de Moreré, e as praias de Cueira e Boca da Barra), Canavieira (um barco estacionado no meio do rio que serve ostras frescas) e a cidade de Cairu (para visitar alguns pontos históricos).

A partir de 9h30min – 17:00.

Preço: R$ 100 durante a alta temporada, e R$ 80 durante a baixa.

Contato: Pedro: +55 (75) 98285-4609 (WhatsApp)

Boipeba
Piscinas naturais de Moreré, Boipeba.

Gamboa: visitar Gamboa, a sua vila e a praia de lama medicinal.

Sai às 10h30min.

Preço: R$ 50 durante a alta temporada e R$ 40 durante a baixa. Contato: Pedro: +55 (75) 98285-4609 (WhatsApp)

Garapuá: visitar praia Garapuá e suas piscinas naturais; Garapuá é considerada uma das mais belas praias do Arquipélago de Tinharé.

O passeio começa pegando uma Land Rover passando pela “estrada ecológica”, seguido de um barco para as piscinas.

De 9h30min às 14 – 15 h (depende da maré).

Preço: R$ 60

Contato: Ney Assunção Agência Miranda Tur, +55 (75) 9186-7985 (WhatsApp)

Fonte do Céu: uma caminhada através de uma trilha ecológica para visitar uma cachoeira e Gamboa. Demora cerca de uma hora e meia e custa R$ 30 (desconto para grupos).

Contato: Ney Assunção Agência Miranda Tur, +55 (75) 9186-7985 (WhatsApp)

  • Atividades aquáticas

Na segunda praia:

SUP: R $ 30 (US $ 5,50) por 30min.

Caiaque: R $ 20 (US $ 5) por 30min.

Contato: Moleke Surf School

Na terceira praia:

SUP: R$ 30 por uma hora.

Kayak + mergulho: R$15 por pessoa por uma hora e meia para uma ilha localizada nessa praia.

Mergulho: R$ 140  por tanque na Ilha do Caetá (uma ilha perto).

Contato: Zimbo Dive .

Na quarta praia:

Snorkeling: R$ 15 por tempo ilimitado.

Passeio de uma dia: Gamboa é uma vila de pescadores muito perto de Morro de São Paulo . A infra-estrutura é completamente diferente, muito simples e primitiva. É uma boa opção para quem prefere uma experiência mais autêntica.

As praias são agradáveis ​​e ponto alto são as falésias, onde pode submergir-se na lama cor de rosa que é rica em enxofre e tem propriedades medicinais que fazem sua pele ficar super macia.

Devido à sua proximidade de Morro, é muito comum as pessoas passarem o dia inteiro lá, e durante o verão há também festas a noite.

Você pode visitar Gamboa por conta própria, caminhando pela praia (30min a 1h), apenas com a maré baixa; pegar um barco que custa R$ 5 e leva 15min; ou reservar uma excursão.

Existem também alguns hotéis e restaurantes na aldeia e barracas nas praias.

* Eu ainda vou postar mais duas matérias sobre Morro: Hotéis e restaurantes; Três dias em Morro de São Paulo.

Visitando Morro de São Paulo

 

  • Onde está localizada?

[huge_it_maps id=’9′]

 

  • Como chegar lá?

Existem apenas duas maneiras de chegar em Morro de São Paulo:

De barco

* A partir de Salvador: o BioTur ferry sai às 9:00 e 10:30 (todo o ano); e 8:30 e 14:30 (de julho a abril). Custa em média R$ 85.

* De Valença: você pode usar o modo convencional (barco + ônibus); sai às 06h10min, 06h40min, 07h, depois disso a cada hora durante a baixa temporada e cada 30 minutos durante a alta temporada, até às 18h.

Custo: R$ 10, de segunda-feira à sábado; R$ 12, aos domingos e feriados.

Tempo da viagem: 1h30min

A outra opção é a lancha rápida, que parte a cada hora 07h – 18h.

Custo: R$ 22, de segunda a sábado; R$ 25, aos domingos e feriados.

* A partir de Boipeba: Você também pode pegar uma lancha que sai de Morro para Boipeba, porque os barcos dos passeios nem sempre saem cheios de pessoas. Custa R$ 60, e o melhor preço é com Dainel: +55 (75) 3653-6065; ou pegar um barco mais um Land Rover (R$ 90)

De avião

Há duas empresas diferentes que voam de Salvador para Morro com muito pequenos aviões (6 a 12 passageiros): Aerostar e Addey .

Ambas voam três vezes por dia, levar entre 15 a 25 minutos, e custa cerca de R $ 400.

 

  • Melhor época para ir?

A ilha pode ser visitada durante todo o ano, apenas considere duas coisas:

* Do Natal ao Carnaval é o período mais movimentado.

* De Abril a Julho é a época das chuvas.

A melhor época para mim é de setembro a dezembro ou duas semanas após o carnaval.

Links Adicionais

 

Para mais informações sobre Morro de São Paulo e Costa do Dendê visita a página da  Bahiatursa .

Você pode reservar o vôo usando este link ; e outras transferes usando a Cassi Turismo .

 

* Se você está planejando uma viagem para Morro, você deveria visitar Boipeba também, e eu já escrevi uma matéria que você pode encontrar aqui.

  • Aluguel de Carros:Pesquise, compare e economize
  • Bookaway:Pegue um ônibus, barco, trem ou carro para as melhores localizações do mundo
  • Booking:Encontre as melhores ofertas de acomodações
  • GetYourGuide:Reserve experiências inesquecíveis em todo o mundo
  • SegurosPromo:Compare e encontre o melhor seguro viagem

2 comentários em “Morro de São Paulo, Brasil”

  1. Cuidado com quem compram os passeios! Infelizmente escolhemos a agência MIRANDA TUR (que também dá um ticket com nome de GIRL’AN PASSEIOS) para realizar um tour pela ilha, são vendidos que passam por 5 lugares para dar a volta a ilha, esse passeio foi nos vendido no momento que estávamos jantando no restaurante Sambass, por uma pessoa que se apresenta como NEY ou NEYMAR (porém esse não é o nome dele) ele apresenta fotos e vídeos lindos, por um certo momento me recusei a comprar (acho que estava sentindo o que viria pela frente), porém acabamos nos deixando levar, ele pediu R$ 20,00 como sinal para o passeio e o restante poderíamos pagar no final. Este o PIOR PASSEIO que já pudemos fazer! A saída seria as 9:30h, saímos por volta de 11/11:30h, ele nos disse que sairia esse horário por conta do clima e que depois, nos daria um desconto e um up grade. Ok, fomos ao passeio, no início estava tudo indo bem, uma lancha com música, tinha um compartimento para colocar as bebidas que pudemos levar e compramos gelo para manter geladas na lancha, quando o marinheiro perguntou se poderíamos fazer o passeio do fim para o começo, como não conhecíamos dissemos que sim, a primeira parada ele abasteceu a lancha, descobri depois por outras pessoas que nesta parada poderíamos descer para conhecer Cairu, porém o Ney, nos disse apenas que deveríamos pagar o passeio e voltar a lancha para continuar nosso percurso, pois bem, seguimos para um bar flutuante para comer ostras, neste local já novamente teve algo de errado, Ney saiu pedindo uma quantia diferente para pagamento das ostras, para ter noção ele chegou a pedir R$ 2,00 para algumas pessoas e R$ 50,00 para outras, onde já houveram discussões. Seguimos o passeio para Cueira, onde temos que passar por um local chamado Rio do inferno, neste momento a lancha encalhou e o marinheiro nos acusava de ter acontecido isso por não estarmos sentados, porém, havia apenas 1 pessoa que estava em pé, tivemos que descer todos para empurrar a lancha, mais um discussão inicia no passeio, mesmo assim ainda continuamos e fomos até a praia, isso já estávamos por volta das 16h e ainda tínhamos mais 3 locais para conhecer (2 piscinas naturais e o por do sol) no momento de irmos embora houve uma demora de pagamento por outras pessoas do passeio e uma nova discussão, solicitei então que eu gostaria que me levassem de volta para Morro de SP, pois, não havia pagado um passeio para empurrar lancha, ouvir desaforos do marinheiro e ser enganada nos poucos lugares que nos levaram. Então se quiserem fazer um passeio de lancha com música, essa empresa é a ideal, caso queiram conhecer realmente os pontos turísticos, indico que busquem uma outra opção, agências físicas são opções muito melhores, pois, caso aconteça algo de errado você tem onde e com quem reclamar!

    • Noosa, que experiência horrível Pamela.
      Que pena!!
      A melhor coisa é sempre pedirmos referencias ou fazer uma pesquisa antes pra evitar esse tipo de aborrecimento.
      Obrigado por compartilhar aqui conosco.
      Grande abraço 😉

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.