Procurando o que fazer em Edimburgo? Aqui você encontra 7 das melhores coisas para fazer na capital da Escócia.

Eu nunca tinha pensado em visitar Edimburgo até que tive que fazer um projeto para dissipa Destinos Mundiais quando cursava faculdade de Viagens, Turismo e Gerenciamento de Hospedagem. Fiquei fascinado com esta cidade, e me perguntava se eu transformaria esse projeto em realidade.
A capital da Escócia é o segundo destino turístico mais popular da Grã-Bretanha, e é considerada uma das mais belas capitais europeias. Edimburgo na verdade é formada por duas cidades, Cidade Velha e Cidade Nova, que foram declaradas Património da UNESCO em 1995.
Em outubro de 2016, dois anos depois que eu fiz o meu projeto, tive a oportunidade de ir para a Escócia pela primeira vez, e visitei Edimburgo e Lago Ness.
Não visitei apenas os pontos turísticos que citei no meu projeto, mas também descobri muitos outros pontos de interesse em Edimburgo que você tem que visitar. Foi por isso que decidi fazer essa lista com as 7 melhores coisas para fazer em Edimburgo.

7 melhores coisas para fazer em Edimburgo

1 – Passear pela Cidade Velha

A Cidade Velha de Edimburgo (Old Town) é um labirinto de ruas estreitas e fileiras de casas, e lar de algumas das mais populares atrações turísticas da cidade, como o Castelo de Edimburgo e a Royal Mile.
Passeando pelas ruas da Cidade Velha, “closes” (becos) e ladeiras irá transportá-lo de volta pro tempo em que Edimburgo era um burgo medieval, e deixá-lo encantado com tanta beleza.
Amei a explorar a Cidade Velha, e confesso que eu me perdi um par de vezes… no entanto, eu encontrei tesouros como Laid Stair’s Close e o charmoso prédio do  Writer’s Museum (Museu do Escritor), o Grassmarket, The Mound, e  George Heriot’s school.
Passeando pela Cidade Velha, seja durante o dia ou à noite, é a primeira das 7 melhores coisas para fazer em Edimburgo.

2 – Admirar a extraordinária arquitectura 

Edimburgo tem um dos melhores exemplos de estrutura urbana na Europa, e é o lugar perfeito para os amantes da arquitetura.
Enquanto a Cidade Nova (New Town) é predominantemente georgiana, há edifícios no estilo Medieval, Românico, Renascentista, Gótico, Baronial Escocês, Grego, Neo-classical, e Modernos, espalhados por toda a cidade.
Se você estiver passeando na Cidade Velha ou na Cidade Nova, você será capaz de identificar alguns monumentos e edifícios surpreendentes. Como por exemplo: o imponente Scott Monument,um monumento de estilo gótico vitoriano e o maior monumento a um escritor do mundo; a Catedral de Saint Giles, com sua excepcional torre em forma coroa; a sede do Bank of Scotland no The Mound, uma das mais famosas e pitorescas ladeiras; a Donaldson’s school. Esta antiga escola e hospital foi construída no estilo Tudor e foi considerada pela rainha Victoria mais impressionante do que muitos de seus próprios palácios.
E estes são apenas alguns exemplos – não conseguia parar de tirar fotos da extraordinária arquitetura quando estava lá, e esta é a segunda das 7 melhores coisas para fazer em Edimburgo.

3 – O Palácio de Holyroodhouse e Abadia Holyrood

O Palácio de Holyroodhouse é a residência oficial da rainha na Escócia, e há muito tempo tem um papel importante na história escocesa.
Localizado em uma extremidade da Royal Mile, este espetacular prédio foi originalmente um mosteiro medieval, antes de ser assumido pelo rei James IV no início de 1500 para ser usado como um palácio real.
Você pode visitar os apartamentos, que são frequentemente utilizados pela a rainha e membros da família real para receber e entreter os convidados; o quarto histórico de Mary, rainha da Escócia; os 4 hectares  que compõem os Jardins do Palácio; e as dramáticas ruínas da Abadia de Holyrood, onde muitas cerimônias reais importantes, incluindo coroações, foram realizadas. Há também um café no Mews Courtyard e o The Palace Shop, onde você encontrará lembranças exclusivas inspiradas por itens da coleção real.
O que eu gostei mais na minha visita foi o fato de que a rainha ainda realiza cerimônias lá, e ver as ruínas da imponente Holyrood Abbey.
Fiquei boquiaberto quando entrei nessa abadia!

4 – Fazer a trilha do Arthur’s seat

Localizado em Holyrood Park, Arthur’s seat é morro mais alto de Edimburgo, e foi formado por um vulcão extinto a mais de 350 milhões de anos atrás.
Arthur’s seat é formado por morros com elevações variadas, e é coberto por grama em diferentes tons de verde, ocre e cinza.
A caminhada é adequada para todos, pois é relativamente fácil, leva cerca de 30 minutos, e oferece inigualáveis vistas panorâmicas de Edimburgo.
Subi Arthur’s seat pra ver o nascer do sol por uma trilha curta, mas há várias opções para chegar ao cume que fica a 251m acima da cidade.
A trilha do Arthur’s seat deve estar na lista de todos quando visitar Edimburgo, porque é uma grande oportunidade para obter uma visão panorâmica de uma das mais belas capitais europeias, e admirar a paisagem deslumbrante.
Arthur’s seat é um dos principais pontos turísticos de Edimburgo e não podia estar fora da minha lista.

fazer em Edimburgo

5 – Scottish National Gallery e Scottish National Portrait Gallery

A capital da Escócia tem museus de primeira classe, e visitar alguns deles é uma das melhores coisas para fazer em Edimburgo.
O meu favorito é o Scottish National Gallery (Galeria Nacional da Escócia), que abriga uma coleção sensacional que se estende por um período de cerca de 1300 a início do século XX. Você vai encontrar maravilhosas pinturas de artistas escoceses, juntamente com obras de Leonardo da Vinci, Vincent Van Gogh, Goya, entre outros.
Fiquei encantado ao visitar este museu, e para ser honesto eu não esperava ver quadros Leonard da Vinci e Van Gogh lá.
Outro grande museu é o Scottish National Portrait Gallery. A coleção é boa, as exposições temporárias são incríveis, mas o edifício neo-gótico em arenito vermelho é absolutamente de tirar o fôlego, por dentro e por fora.

6 – Jantar num dos melhores restaurantes da cidade

Como muitas outras metrópoles, Edimburgo possui uma variedade de restaurantes, desde os caros e famosos com estrelas Michelin, aos mais simples que servem comida de várias partes do mundo, especialmente do sudeste asiático.

Assim, o que fazer em Edimburgo depois de bater perna o dia inteiro? Sem sombra de dúvidas, jantar em pelo menos um dos seus melhores restaurantes.
Durante a minha visita fui a dois que são considerados os melhores restaurantes da cidade, e a comida foi além da minha expectativa.
O primeiro foi o 21212 Restaurant, o único restaurante com estrela Michelin com quartos na cidade, está situado em uma bela casa de estilo georgiano, e é exatamente o que você espera de um restaurante desse nível: ambiente sumptuoso e relaxante; atendimento diferenciado, com garçons que dão uma explicação de cada prato; e a comida absolutamente divina.
Outro excelente restaurante é Ting Thai Caravan, que é um exemplo perfeito de que coisa boa não tem necessariamente que ser cara. Ele tem uma atmosfera muito simples e acolhedora, e servem “street food” inovadoras e com ótimas combinações de sabores. O chef já cozinhou até para o rei da Tailândia, e aliás, este foi o lugar que comi a melhor comida tailandesa fora da Tailândia.

7 – Ver o pôr-do-sol no Calton Hill

Edimburgo está situada entre sete morros e alguns deles oferecem vistas extraordinárias para a cidade.
Desses morros, Calton Hill, situado no final da Princes Street, é, sem dúvida, o meu favorito.
Com seus cinco monumentos, o City Observatory, a Old Royal High School, e os Jardins Regent, é uma visita obrigatória enquanto estiver em Edimburgo.
Como está situado no centro da cidade, este é o local perfeito para assistir o pôr-do-sol, especialmente proximo ao Monumento Dugald Stewart. Daqui você pode ver o famoso castelo de Edimburgo, o Balmoral Hotel, distintivo Campanário em forma de corta da Catedral de São Giles, o Scott Monument, e muitas outras torres de igrejas e edifícios históricos que fazem parte do “skyline” de Edimburgo.
Amei ver o pôr-do-sol em Calton Hill, e das 7 para fazer em Edimburgo, essa é a que gosto mais.

Estas são as minhas 7 melhores coisas para fazer em Edimburgo. O castelo é um dos mais famosos pontos de interesse em Edimburgo, e nesse post você pode ver o que visitar no castelo.

Você pode verificar o meu itinerário para uma viagem de três dias para Edimburgo, que é mais abrangente, e fornece dicas de restaurantes e hotéis.

Edimburgo é um exemplo perfeito dos muitos lugares para visitar na Europa que não são batidos. Que bom que incluí esta cidade no meu projeto, e principalmente ter tido a oportunidade de visitá-la.

fazer em Edimburgo
Consiga os melhores preços com a Booking.com, e eu ganho uma pequena comissão para continuar viajando e escrevendo 😉

Planejando uma Viagem para Edimburgo 

  • Onde fica Edimburgo?

Edimburgo está localizada na costa leste do extremo sul da Escócia (Mapa aqui).

  • Como chegar em Edimburgo?

∗ O aeroporto de Edimburgo, é super bem conectado com outras capitais europeias, e importante cidades de todo o mundo. Algumas das companhias que voam pra la são: RyanAirEasyJetBritish AirwaysFlybeEmirates Delta e TAP. Do aeroporto você pode pegar o VLT pro centro da cidade.
∗ Outra opção é pegar o trem de Londres para Edimburgo. Você pode checar o site da National Rail para mais informações.
∗ Porém, a maneira mais econômica é de ônibus, e as empresas são: MegaBusNational Express e CityLink.

  • Melhor época para visitar Edimburgo?

Você pode visitar Edimburgo em qualquer época do ano, mas lembre-se que Janeiro é o mês mais frio, Outubro é o que mais chove, e o período mais seco é na primavera e no começo do verão.
O mês de agosto é considerado por muitos o melhor mês para visitar Edimburgo por conta dos festivais, e também porque o tempo está bom e os dias são longos (tem sol até às 21h). Porém esse é o mês mais cheio e os preços dos hotéis em Edimburgo tendem a ser mais caros.
Se você quer evitar multidões pode ir de abril a junho.

  • Onde ficar em Edimburgo?

Me hospedei no The George Hotel Edinburgh, e você pode ler minha avaliação aqui. Se está à procura de hotéis em Edimburgo, também sugiro essa lista abaixo:

∗ Três noites no The Principal Edinburgh George Street Hotel: £ 346 (sem café da manhã)
∗ Aluguel do carro por quatro dias com a Avis: £ 96

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *