Tourada na Espanha: Se os touros não são feridos é aceitável assistir?

Tourada é uma das mais conhecidas e controversas tradições espanholas.
Já estive em várias cidades da Espanha e algumas do Sul de Portugal, onde as touradas também são populares, mas nunca tinha pensado em assistir uma antes. Ao mesmo tempo, sempre tive curiosidade de ir a uma Plaza de Toro pelo menos uma vez na minha vida.

História das Touradas

Adoração ao touro e sacrifícios eram comuns na Mesopotâmia e no Mediterrâneo desde os tempos remotos. Um dos registros mais antigos da realização de espetáculos com touros encontrado em um afresco em Cnossos, Creta, datado de 1500 AC, mostra acrobatas masculinos e femininos confrontando um touro e agarrando-o pelo chifre.
Na Espanha pré-histórica os touros desempenharam um papel importante em cerimônias religiosas, no entanto, foram os gregos e romanos quem converteram esses eventos em uma distinta forma de competição e entretenimento. Durante o Império Romano esses eventos se espalharam pela Europa, África e Ásia, mas foi na Península Ibérica que eles foram totalmente desenvolvidos.
As primeiras touradas na Espanha foram feitas a cavalo e eram reservadas aos aristocratas que tinham recursos para alimentar e treinar seus animais. Mas quando o rei Felipe V pois um ponto final nas touradas e proibiu os nobres de praticar este esporte sangrento, o esporte já tinha se tornado popular e plebeus enfrentando os touros à pé substituíram os senhores a cavalos. Entre os homens, Francisco Romero foi o primeiro a usar uma muleta, uma vara com um pano vermelho pendurada que é utilizada na última parte da luta, e um estoc, um tipo de espada, para matar o touro.

tourada
Foto: Plaza de Toros de Valência

Tourada: Tradição ou Tortura?

Tourada é um assunto muito polêmico!
De um lado, há os amantes da tauromaquia, “los aficionados“, que defendem que a tourada é uma forma de arte importante para a sua cultura; e do outro lado estão os protetores dos animais que acham que a tourada é uma prática primitiva e cruel que deveria ser banida.
Numa típica tourada espanhola, três matadores, cada um seguido por seus assistentes, matam seis touros. Cada encontro dura cerca de 15 minutos e todo o evento em torno de três – quatro horas.
De acordo com o CAS International, um importante grupo anti-touradas, estima-se que em todo o mundo mais de 250.000 touros, vacas e bezerros são abusados e mortos durante touradas e eventos similares a cada ano. Este é um número muito alto e acredito que a maioria das pessoas não sabe quantos animais são mortos a fim de manter viva essa tradição.

Visitando Valência durante o Festival de Fallas em 2018, entre todos os eventos realizados na cidade, havia algumas touradas. Perguntei-me então se deveria satisfazer minha curiosidade mórbida .
Conversando com um amigo espanhol, ele me recomendou ver “Los Recortes”, um estilo de tourada comum no século XIX e praticado em Navarra, La Rioja, no norte de Castilla e Valência em que o touro não é ferido e volta para cela no final da apresentação. Os desafiantes estão vestidos com roupas comuns e tentam fugir do touro movimentando seus corpos rapidamente.
Pensei que tipo de tourada seria aceitável, daí comprei o ingresso e fui ver a final do Concurso Nacional de Recortes no dia 18 de março na Plaza de Toros de Valência.

tourada na espanha

Minha Experiência Assistindo “Los Recortes”

Me lembro quando estava indo comprar meu ingresso na bilheteira da Plaza de Toros e vi pichado no pedestal de mármore que sustenta a estátua de um “matador” bem na frente da arena: “Eso no es cultura es tortura” (Isso não é cultura é tortura). Fiquei surpreso ao ver este protesto em frente à entrada da plaza de toros!
Devo confessar que estava super animado quando cheguei na plaza de toros de Valência, construída entre 1850-1860 e com capacidade para 10.500 espectadores.
Memo o evento estando marcado marcado para 11h, mas quando cheguei por volta das 10h, a arena estava praticamente lotada. E apesar de pesquisas recentes mostrarem que mais de 60% dos espanhóis não gosta de touradas e o esporte é mais popular entre os mais de 45 anos, havia muitos jovens assistindo e principalmente participando da competição.

Enquanto um grupo de amigos se divertia compartilhando uma baguete com jamón e algumas pessoas reservavam assentos para seus familiares e amigos, eu tentava encontrar um lugar com uma excelente vista para tirar boas fotos.
O dia estava muito agradável, ensolarado e céu azul, e exatamente às 11h o espetáculo começou. Primeiro as pessoas montadas em cavalos fizeram uma apresentação especial, depois a apresentação dos 20 melhores recortadores da Espanha.

touradas
Os 20 melhores recortadores da Espanha entrando na Plaza de Toros.

Quando abriram o portão, o primeiro touro foi liberado para a arena para o brado e aplauso da platéia. O animal com mais de 400 kg parecia completamente desorientado e corria de um lado para outro chifrando a proteção de madeira furiosamente quando alguém que estava atrás movia os panos vermelhos.
Do meu assento eu podia ouvir o som produzido pelos chifres do touro batendo na madeira e notar sua raiva e infelicidade. Senti muita pena do animal…

Os 20 recortadores foram divididos em cinco grupos diferentes e apenas os melhores passariam para a próxima fase. Cada um deles teve de enfrentar o touro várias vezes e foi julgado por sua audácia, manobras e desempenho.
O primeiro recortador colocou-se no meio da arena e quando o touro correu em direção a ele, ele moveu o corpo para a direita e quando o touro se aproximou ele rapidamente e precisamente desviou-se para a esquerda. OMG, fiquei extremamente tenso.

touradas
É preciso muita coragem e técnica pra desafiar um touro.

A competição continuou assim como minha tensão, e quando um rapaz do primeiro grupo tentou executar um salto mortal sobre o touro, ele não conseguiu… A platéia se levantou enquanto o touro chifrava o recortador no chão e jogava-o para cima e para baixo… os outros concorrentes entraram na arena para distrair o animal e ajudar seu azarado colega…
Desta vez eu senti pena dos recortadores. Eles eram tão jovens, o mais jovem tinha 20 anos, têm família, filhos e estavam lá colocando suas vidas em risco.
O rapaz ferido deixou a competição e eu pensei em sair da Plaza, mas minha curiosidade mórbida me fez me fez ficar. O que irá acontecer? Será que alguém vai tentar saltar sobre o touro novamente e conseguir o feito? Será que vou conseguir tirar boas fotos ou até mesmo fazer um vídeo “viralizar”?
Com todas essas perguntas na minha mente e nervos à flor da pele, assisti toda a competição com compaixão no meu coração.
Naquele dia, dois recortadores ficaram feridos. O vencedor do ano anterior milagrosamente não sofreu ferimentos graves e ainda ficou em segundo lugar; já o outro rapaz foi levado para o hospital.

Tourada na Espanha
Impressionante como esse rapaz conseguiu sair ileso.

Deixei a arena em torno das 13h e para ser honesto eu não gostei muito. Vendo os touros correndo para cima e para baixo, batendo na proteção de madeira ferozmente e sendo tratados como uma besta me deu muita pena deles. Mas eu senti mais pena ainda dos recortadores. Eles são tão jovens e arriscam suas vidas constantemente a fim de ganhar uma grana…
Apesar de tudo, o espetáculo não deixa der um forma de entretenimento, com os concorrentes fazendo diferentes performances, desafiando os touros de joelhos, com uma mão no bolso (para limitar os movimentos), ficando muito próximo ao animal, etc.

Em cada apresentação há um alto nível de tensão e coragem, porque você simplesmente não sabe o que vai acontecer.

tourada na espanha
Um recortador executando um salto mortal sobre o touro.

Considerações Finais

As pessoas têm diferentes profissões e países têm diferentes culturas. Pilotos de Fórmula 1, lutadores de UFC e bombeiros também arriscam suas vidas constantemente. Eu sei que é diferente, mas o que leva uma pessoa a exercer uma dessa profissões é a mesma coisa: a paixão.
As pessoas descem morro abaixo tentando pegar um queijo (Cooper’s Hill Cheese-Rolling, Reino Unido), penduram um cão numa corda e giram (“Dog Spinning” ritual na Bulgária), assistem brigas de galos, cortam parte dos dedos como uma maneira de exibir sua dor nas cerimónias fúnebres (Tradição da tribo Dani, Indonésia), dançam com cadáveres (Famadihana em Madagascar) e até mesmo comem cinzas de pessoas mortas para viver com elas para sempre (tribos Yanomami, Brasil e Venezuela). Ok, algumas dessas tradições são praticadas em tribos e Espanha é um moderno país europeu. No entanto, essas tradições assim como as touradas já vem acontecendo ao longo dos séculos…
Mas o fato é que, se algumas tradições parecem um absurdo, estúpida ou brutal, não devemos julgá-las e sim respeitá-las. Se você acha que as touradas devem continuar ou serem banidas, quando você visitar países onde ainda são permitidas, você pode optar por vê-la ou não.
Se você me convidar para ver Los Recortes novamente eu diria não obrigado, e se você me convidar para assistir uma tradicional tourada, eu recusaria. É simplesmente demais para mim…
Conhecer diferentes culturas e tradições quando viajamos abre nossas mentes, corações e nos faz uma pessoa diferente. Quanto mais do mundo você conhecer, mais você vai aprender sobre ele e sobre si mesmo.
Então, seja audacioso (a) e mantenha-se curioso (a). E o mais importante: não julgue as pessoas por suas tradições.
Boa viagem !

Sugestão de leitura:

Assista o Vídeo: Los Recortes, Fallas 2018, Valência

Sempre recomendo comprar um seguro de viagens pois ele pode literalmente salvar sua vida. Compre o seu aqui com a Seguros Promo e ganhe 5% de desconto com o nosso código promocional ?
A Seguros Promo oferece os melhores e mais completos planos de seguro viagem da internet, trabalha com as melhores seguradoras do país, e além disso, também oferece o melhor preço do mercado.

playa ancon o que fazer em havana Lago Inle fazer em Mandalay 3 dias em Mandalay coisas para fazer em Londres São Petersburgo casa particular
Não vacile! Viaje sempre com um seguro de viagem.

Planejando uma Viagem para Valência

Onde fica Valência?

Valência, a capital da comunidade autónoma de Valência, é a terceira maior cidade da Espanha, depois de Madri e Barcelona. Está localizada na costa leste da Espanha, cerca de 300 Km de Madri, a capital espanhola (confira o mapa aqui).

Como chegar a Valência?

Há um aeroporto internacional na cidade, e algumas das companhias aéreas que oferecem voos para Valência são British Airways, Easyjet, Vueling, Iberia, Air Europa e Ryanair.
Você pode reservar seus voos pelo Skyscanner ou Momondo, que são os sites que uso e confio.
Você também pode ir para Valência de trem de Madri e Barcelona com Renfe, ou de ônibus com Avanza ou Alsa.

Melhor Época para Visitar Valência

Valencia tem um clima mediterrâneo super agradável. As temperaturas médias variam de 15C no inverno a 30C no verão.
Você pode visitar Valência durante todo o ano, mas se quiser ver o Festival Fallas tem que ir entre os dias 15 e 19 de março.

Onde eu Fiquei?

Fiquei na Casa Imperial Valencia, e se você estiver procurando hotéis em Valência eu também recomendo:
Econômico: UP Hostel Valencia, Center Valencia Youth Hostel e The River Hostel.
Ótimo Custo/Benefício: Sohotel Ruzafa, B&B Hi Valencia Boutique e Casual Valencia Vintage
Luxo: Vincci Lys, Hotel Medium Valencia e One Shot Palacio Reina Victoria 04

Passeios em Valência 

Dicas Extras

  • Se você quiser economizar dinheiro durante sua estada em Valência, compre o Valencia Tourist card. Com este cartão você anda gratuitamente em ônibus, metrôs, VLT,  e tem entrada gratuita nos museus municipais e monumentos. O cartão mais barato, o de 24h, custa €15. Só o metrô, do aeroporto ao centro da cidade custa € 4,5.
Tourada na Espanha
Tourada na Espanha

1 comentário em “Tourada na Espanha: Se os touros não são feridos é aceitável assistir?”

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.