Nunca pensei que faria um treeking no Nepal, muito menos que veria o Himalaia na minha vida. Mas visitando o Nepal pela primeira vez, não podia perder a oportunidade de ir a um dos mirantes mais famosos do país e maravilhar-me com a vista da maior cadeia de montanhas do mundo.
Depois de passar uns dias na caótica e poeirenta Kathmandu, capital do Nepal, me dirigi a Pokhara, a cidade mais próxima da cadeia de montanhas Annapurna no Himalaya, para fazer o trekking de 4 dias e 3 noites de Ghorepani Poon Hill.

Conhecida como a capital da aventura do Nepal, Pokhara é cercada por belas montanhas cobertas de neve, tem um magnífico lago com águas cristalinas, muitos hotéis e restaurantes, e várias coisas para fazer, tais como: parapente, caminhadas, passeios de barco, trekking, passeios de pônei, visitar templos, etc.

trekking no nepal
Pokhara, a capital da aventura do Nepal.

O que Esperar do Poon Hill Trekking no Nepal

Ghorepani Poon Hill trek, um dos trekkings mais populares e mais fáceis na região de Annapurna, é adequado para todas as idades, requer apenas um nível moderado de condicionamento físico, a elevação máxima é de 3.210 metros (o risco do mal de altitude é mínimo), a distância percorrida é de cerca de 51 km, e pode ser feito durante todo o ano.
Além da vista do nascer do sol de tirar o fôlego em Poon Hill, nesse trekking no Nepal você passará por vilas encantadoras, rios, cachoeiras, terraços de arroz e florestas de azaleias, e principalmente admirará à espetacular paisagem montanhosa.

trekking no nepal
Essa paisagem que espera por você!

Abaixo, você irá descobrir como foi minha experiência fazendo o Poon Hill trekking no Nepal pela primeira vez, e também algumas orientações e dicas para iniciantes.

Minha Experiência fazendo o Poon Hill Trekking no Nepal

Na manhã seguinte à minha chegada a Phokara, conheci meu guia Diwan, que me levou para dar uma volta pelo centro da cidade, e me ajudou a alugar algumas roupas para o Ghorepani Poon Hill trek.
Depois pegamos um táxi de 01h30min de Pokhara a Nayapul, o ponto de partida do trek. Em Nayapul, você pode escolher o itinerário, e também tem que pegar uma autorização no escritório da Área de Conservação de Annapurna.
Meu itinerário do Ghorepani Poon Hill trek para 4 dias foi: Nayapul a Ghandruk; Ghandruk para Ghorepani; Ghorepani a Poon Hill; Gorepani para Tikhedhunga; Tikhedhunga para Nayapul, e Nayapul para Pokhara. Ele também pode ser feito no sentido inverso.

1° Dia: Nayapul para Ghandruk

Começamos o Ghorepani Poon Hill trek em torno das 13h, e o clima estava super agradável. Passamos por outros trekkers, moradores, e agricultores; e eu estava cheio de energia.
No início tudo parecia muito fácil ( 2h de caminhada numa estrada com subidas moderadamente inclinadas), mas as coisas começaram a ficar mais difíceis uma vez que nos aproximamos do vilarejo Ghandruk. Havia milhares de degraus de pedra aparentemente intermináveis, e parecia que nunca chegaríamos ao nosso primeiro hotel. Porém, a vista era impressionante, e não podia acreditar o quão longe nós já tínhamos caminhado…
Ghandruk, localizado a 1940m acima do nível do mar, está rodeado por enormes montanhas, e é o tipo de lugar que assim que você chega sente uma paz, uma calmaria, e não quer mais sair.
Depois de subir os degraus por duas horas, só parando um pouco por causa da chuva de granizo, chegamos ao hotel poucos minutos antes do pôr do sol.
Foi quando tive a melhor recompensa do dia: os raios solares estavam iluminando as mais altas montanhas cobertas de neve bem em frente ao hotel.
Não conseguia parar de olhar para o cenário de tirar o fôlego, pois estava completamente hipnotizado pela beleza incomensurável desse país. Me senti muito feliz fazendo um trekking no Nepal pela primeira vez!

trekking no nepal
A vista de triar o fôlego em frete ao meu hotel em Ghandruk village.

Duração: 4h30min, Altitude: 1940m 

2º Dia Ghandruk para Ghorepani

No dia seguinte saímos de Ghranduk em torno das 09h. O tempo estava bom, e a maior parte da trilha era coberta de pedras e muito fácil de seguir.
Passamos por muitos trekkers de todas as faixas etárias e “porters” carregando mochilas pesadas, e cruzamos riachos, cachoeiras, e uma floresta deslumbrante.
Para mim, a parte mais difícil do Gorephani Poon Hill trek foi imediatamente após a floresta. Tivemos que descer dezenas de degraus e, em seguida, subir outras dezenas mais… Mas enquanto estava reclamando pro meu guia que eles deveriam construir uma ponte ligando esses dois morros, vi um homem de 75 anos de idade subindo os degraus com sua mochila pesada e um bastão. Conversamos um pouco, disse que ele era uma inspiração, e o parabenizei.
Depois de caminhar por 03h30min, chegamos a Banthanti para almoçar. A vista do restaurante era extraordinária, no entanto a neblina estava muito densa e, às vezes, não dava para ver nada…

Continuamos pela floresta, para cima e para baixo, quando surgiu o momento mais inesperado e inusitado: fiquei preso no meio de um rebanho de ovelhas. Elas estavam todos sendo levadas de volta para o curral pelo pastor, e eu não podia me mover… para completar estava chovendo, e tive que esperá-las saírem da minha frente… no final até que foi divertido…

trekking no nepal
Move, move, move…

Finalmente elas saíram, e a chuva continuou a cair. Pelo menos, conseguimos chegar numa “teahouse” para esperar a chuva passar.
O tempo melhorou e seguimos no nosso caminho para Ghorepani. Felizmente, a última parte foi bem mais fácil, e me animei ao ver um iaque pela primeira vez na minha vida. Como uma criança, corri para me aproximar dele, mas confesso que estava com um pouco de medo também.

trekking no nepal
Esse foi o mais próximo que consegui chegar. Mas estava feliz com essa distância.

Poucos minutos depois, chegamos a Ghorephai, uma pequena vila cercada por enormes montanhas, com muitas pousadas, lojas, e pessoas vendendo artesanatos no centro.

Duração; 7h, Altitude: 2874m

3º Dia Ghorepani para Poon Hill, Ghorepani para Tikhedhunga

O hotel em Ghorepani, como em todos os outros lugares, era muito básico: quartos pequenos com camas de solteiro, uma área para socialização onde as pessoas se reúnem para conversar, jantar e tomar café da manhã, e também para ficar perto do aquecedor; não havia papel higiênico no banheiro, e a água quente era limitada.
No dia seguinte, acordei às 4h30min para ver o nascer do sol em Poon Hill. Deixamos o hotel completamente no escuro, armados apenas uma com uma lanterna, e nos juntamos a outros trekkers no caminho.
Aceleramos o passo para chegar logo no topo de Poon Hill mesmo não vendo 2 palmos à minha frente. Tive a impressão que milhares de pessoas faziam o mesmo… Todo mundo queria ser o primeiro a chegar lá para conseguir um bom lugar. Após 45min, chegamos ao topo.
Há uma grande plataforma no mirante de Poon Hill, e também uma torre de madeira para quem quiser ter uma vista privilegiada. E que vista panorâmica espectacular !!
Mais de dez montanhas colossais cobertas de neve, incluindo Dhaulagiri, a 7ª montanha mais alta do mundo com 8167m. Elas estavam todas na frente dos meus olhos, e eu estava completamente estupefato!!

trekking no nepal
Que vista !!

Depois de caminhar por 2 dias estava no topo de Poon Hill, um dos pontos de vista mais famosos do Nepal, cercado por uma beleza excepcional.
Com o dia ensolarado e céu azul, os porters começaram a cantar e dançar músicas nepalesas criando uma vibe incrível. Todo mundo estava super feliz e radiante, assim como eu.

Poon Hill trek
Consegui !

Duração: 45min, Altitude: 3210m

Voltamos para o hotel para tomar café da manhã, pegar nossas mochilas, e continuar a caminhada para o próximo local: Tikhedhunga.
Nas três horas seguintes, a trilha pela floresta foi super tranquila. Passamos por algumas vilas, e paramos em um restaurante com uma vista super bonita em Ulleri. Fiquei muito feliz, e com me sentido realizado por ter conseguido fazer esse trekking no Nepal.

Depois de almoçar, conversar com outros trekkers, e tirar fotos com os habitantes locais, enfrentei a segunda parte mais difícil desse trekking: uma descida enorme com 3300 degraus, equivalente a 1500m de altura.
Passei por muitas pessoas exaustas subindo os degraus, até mesmo os mais jovens. Agradeci meu guia Diwan por ter escolhido este itinerário, assim, tivemos que descer em vez de subir esses 3300 degraus. Ainda assim levamos 1h30min para completá-lo.

Tikhedhunga, a vila onde passamos nossa última noite, ficava logo após essa descida, assim tivemos o resto da tarde e toda a noite para descansar após esta caminhada desgastante.

Duração: 4h30min

4º Dia: Tikhedhunga para Nayapul, Nayapul para Pokhara

Deixamos Tikhedhunga, cruzando uma ponte suspensa sobre um rio e algumas cachoeiras por perto. Passamos passou por vilarejos com pessoas trabalhando em campos de arroz, até chegarmos à estrada que liga Tikhedhunga a Nayapul.
Outro dia tranqüilo, admirando a bela vista das montanhas que nos rodeavam, das azaleias floridas, e do rio que fluía ao nosso lado.

Após 3h45min de trekking, chegamos em Nayapul, e tivemos que parar novamente no checkpoint da Área de Conservação de Annapurna para registrar nossa saída.
Estava alegre e extremamente feliz por terminar meu primeiro trekking no Nepal.
Foi uma experiência incrível, com uma paisagem surpreendente, que me deixou com o desejo de voltar para esse que é um dos países mais ricos do mundo em termos de bio-diversidade, e fazer outros trekkings.
Espero que da próxima vez seja o ABC (Annapurna Base Camp), ou até mesmo o desafiador Everest Base Camp.

Sempre recomendo fazer um seguro de viagem, já que imprevistos acontecem, ainda mais numa viagem para fazer trekking no Nepal. O seguro pode literalmente salvar sua vida, além de te reembolsar financeiramente caso sua bagagem seja perdida, extraviada ou roubada. Compre o seu aqui com a Seguros Promo e ganhe 5% de desconto com o nosso código promocional 😉
A Seguros Promo oferece os melhores e mais completos planos de seguro viagem da internet, trabalha com as melhores seguradoras do país, e além disso, também oferece o melhor preço do mercado.

trekking no nepal playa ancon o que fazer em havana Lago Inle fazer em Mandalay 3 dias em Mandalay coisas para fazer em Londres São Petersburgo casa particular
Não vacile! Viaje sempre com um seguro de viagem.

Poon Hill Trek Dicas Extras para Principiantes

Contratar um guia ou não

Uma das primeiras coisas a considerar quando você fizer um trekking no Nepal, incluindo Poon Hill, é se você deve contratar um guia ou não. Vi algumas pessoas fazendo o trekking sozinhas, incluindo mulheres “solo travelers”, mas eu pessoalmente acho que é muito mais fácil, seguro e agradável contratar um guia.
A trilha é bem marcada na maior parte do trekking, mas há partes onde não é claro qual caminho seguir. Então você tem que levar um mapa e ter um bom senso de localização, esperar por alguém para pedir ajuda, ou seguir sua intuição.
Guias não são caros no Nepal (o meu, Diwan, custa apenas US$ 25 / dia). Eles literalmente te guiam, te fazem companhia, e conhecem o caminho. Além disso, se algo acontecer, você terá alguém que fala o idioma local para te ajudar.

trekking no nepal
Eu e Diwan

Pacote com agência ou reservar tudo por conta própria?

Você pode comprar um pacote do Poon Hill trekking no Nepal através de uma agência, com tudo incluído: alojamento, transporte, guia, licenças, e até mesmo as refeições.
Se você reservar em Kathmandu, como eu fiz, vai sair mais caro do que em Pokhara, mas a agência também irá cuidar do transporte para você.
No entanto, eu recomendaria reservar hotéis pelo Booking.com antes de chegar em Pokhara, e contratar um guia, ou mesmo comprar um pacote do Ghorepani Poon Hill trek lá. Isso por duas razões: você pode selecionar o hotel e o ônibus que você quiser (agências podem colocá-lo em um ônibus super velhos).


Booking.com

Ônibus ou avião de Kathmandu para Pokhara?

A distância de Kathmandu para Pokhara é apenas 210 km, assim o ônibus não deve levar muito tempo, certo? Pelo menos foi o que pensei. Errado!!
A estrada montanhosa de Kathmandu para Pokhara é bastante perigosa, com muitas curvas, e caminhões velhos ultrapassando uns os outros, ônibus, e carros também. Assim, apesar da curta distância entre as duas cidades, o tempo de viagem é de cerca de 6 – 7h.
Pra completar, os ônibus são antigos e podem quebrar a qualquer momento (como o meu), e tornar sua viagem ainda mais longa.
Se você puder, definitivamente pegue o voo de 45 min! Mesmo que seja mais caro que o ônibus, é mais seguro, e você economizará seu precioso tempo.

Você pode reservar os seus voos com  Skyscanner  ou Momondo , que são os sites que eu uso e confio.

Acomodação e comida no trek

A maioria das pousadas, hotéis e “teahouses” nesta área tem infraestrutura bem básica, e proporciona o mínimo de conforto.
Os banheiros são coletivos, sem papel higiênico, e em alguns dos hotéis a água quente é limitada.
O preço médio de um quarto individual na maioria dos hotéis varia entre 500 – 1.000 rúpias (US$ 5-10), mas você pode encontrar alguns tão baratos quanto US$ 3.

Restaurantes e hotéis servem geralmente refeições vegetarianas, e o prato mais popular é Dal Bhat (arroz cozido no vapor, e sopa de lentilhas, servidos com legumes). Mas também você pode encontrar pratos com carne ou frango. O preço médio de um almoço é de US$ 4 a 5 / vegetariano e US$ 6 a 7 / não vegetariano.

TIMS Card + Licensa

Todos que estejam fazendo trekking no Nepal devem adquirir o Trekkers’ Information Management Systems (TIMS) Card. O cartão TIMS é obrigatório para garantir a segurança dos trekkers nas áreas gerais dos trekking.
Taxas, uma cópia do seu passaporte, e duas fotografias tipo 3×4 são necessários para fazer o cartão TIMS. Os valores são as seguintes – Grupo (GT): NRs. 1.000 (US$ 10); Individuais (FIT): NRs. 2.000 (US$ 20), por rota de trekking por pessoa.

trekking no nepal
Meu cartão TIMS e a licença para Poon Hill.

Além do cartão TIMS, você também precisa pegar uma autorização para fazer o treeking do Ghorepani Poon Hill. Esta taxa é de cerca de US$ 20, e pode ser feita tanto em Kathmandu quanto em Pokhara.
Há também uma outra taxa extra para visitar o mirante Poon Hill, mas esta custa apenas 50 rúpias (US$ 0,50)

Melhor Época para Fazer o Poon Hill trekking no Nepal

Esse trekking pode ser feito durante todo o ano, no entanto, é mais fácil quando não há chuva ou neve nas trilhas.
Sendo assim, os melhores períodos para fazer o Poon Hill trek são de março a maio, e setembro a novembro. Nestes meses o tempo está melhor, e a temperatura moderada; apenas de manhã cedo e à noite pode fazer um pouco de frio, deixando os dias perfeitamente limpos para admirar as vistas esplêndidas das montanhas.
Estive no Nepal na primeira semana de abril e o tempo estava bom. Peguei um pouco de chuva no trekking, mas foram chuvas passageiras.

O que levar para o Poon Hill Trek?

Caso esteja viajando apenas com uma bagagem de mão, ou mochilando no Sudeste Asiático, você não precisa se preocupar com as roupas que irá precisar para fazer esse trekking no Nepal, porque você pode alugar tudo em Pokhara. E os preços são super bons.
Eu aluguei uma calça por US$ 1 / dia, e uma jaqueta nova por US$ 1,50 / dia.

trekking no nepal
Essas foram as roupas que aluguei.

Mas você terá que trazer:

1. Óculos de sol, chapéu, cachecol (no inverno), e protetor solar.
2. Camisetas e shorts.
3. Calçados confortáveis para trekking (de preferência usados para evitar calos)
4. Meias para caminhadas
5. Garrafa de água (não descartáveis)
6. Snacks
7. Lanterna
8. Kit de primeiros socorros que cumpra suas exigências médicas pessoais
9. Mochila
10. Artigos de higiene pessoal
11. Papel higiénico

Dicas Extras para o Ghorepani Poon Hill trekking no Nepal

1. Existe um grupo étnico, Gurungs, com uma rica cultura e história em Ghandruk, e se você tiver oportunidade dê uma volta e conheça alguns deles.
2. De acordo com os regulamentos locais, você não pode comprar garrafa plástica de água, só encher a sua.
3. Não há cobertura de telefone nem de internet na maior parte desta área.
4. Carregar telefone e câmera pode ser um desafio por causa da falta de infra-estrutura de algumas das propriedades. Esteja preparado e carregue baterias extras com você.

Boa viagem e aproveite o Nepal.

2 Comments

  1. Ola Obrigada pela partilha, foi bastante util!!
    No entanto tenho duvidas de qual foi a agencia que contratou e qual o valor acordado para o trekking???
    Apenas para comparar pois pedem valores muito altos e o deu trekking de 4 dias é o ideal!!

    Obrigada

    • Olá Rita.
      Obrigado você pelo comentário 😉
      Eu não dei o crédito à agência que fiz o passeio aqui porque eu não gostei do serviço deles…
      Acredito que eu gastei entre US$ 300 e 400.
      Eu posso te mandar uns links se você quiser. Mesmo se você for sozinha, pode confiar no guia que sugeri. Pessoa do bem. Só veja com ele antes as datas.
      Se você for usar o Booking para reservas hotéis e puder fazer isso pelo meu site eu agradeço muito. Não tem custo adicional pra voce.
      Qualquer coisa pode gritar que estou por aqui 😉
      Abraço e tudo de bom.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.