Machu Picchu gastando pouco

Algumas dicas de como visitar Machu Picchu gastando pouco dinheiro.

Machu Picchu, uma das Novas Sete Maravilhas do Mundo, atrai visitantes de todo o mundo; é muito difícil encontrar alguém que não queira visitá-la.

Viajar no Peru é super barato, no entanto visitar Machu Picchu, a mais importante atração turística do país, pode sair caro.

Você até encontra passagens para Lima e Cusco com preços bons, mas Machu Picchu em si não é barato.

A vontade de quebrar o cofre, ou até mesmo prorrogar a viagem aparece quando você decide pegar o trem de Cusco a Machu Picchu: ida e volta dura em torno de 8h e custa US$ 160 (mais de R$ 500). Este preço é abusivo levando-se em consideração que você acha refeição completa por apenas no Peru por 5 soles (R$ 6), e paga o transporte público com moedas. Além disso, os preços para os peruanos são muito mais baratos do que para os estrangeiros.

Isso eu só estou falando do trem, mas tem também o ingresso para visitar a cidadela, (o mais em conta é US$ 45), além de acomodação, guia, e o ônibus de Aguas Calientes (ponto final do trem) para Machu Picchu ( US$ 24, ida e volta). O  total pode chegar facilmente a R$ 1000.

Felizmente, existem maneiras alternativas para visitar Machu Picchu gastando pouco.

Machu Picchu gastando pouco
Andar nos trilhos do trem que conduz a Machu Picchu é uma forma de economizar dinheiro e curtir a paisagem de tirar o fôlego.

Transporte

Se você quiser economizar dinheiro em sua viagem para Machu Picchu, a primeira coisa é esquecer o trem. Sendo assim, a única opção é pegar uma van de Cusco a Hidroelectrica, que custa 70 soles (R$ 75), e depois caminhar até Aguas Calientes (Machu Picchu Pueblo). Você vai economizar mais de R$ 450.

A viagem de van é longa, em torno 7h, e durante a última 1h30min, a estrada na beira dos penhascos do Vale Sagrado, é sinuosa, estreita, sem acostamento e bastante perigosa.

Se você está pensando que não vale à pena, irá mudar de opinião assim que pegar a estrada. As vistas do início ao fim são incríveis! Você está no meio de montanhas gigantes cobertas com vegetação exuberante, com várias cachoeiras além do rio que corre no fundo do vale.

Mas esteja ciente de que chegará em Hidroeléctrica cheio de poeira, porque a maioria das vans não têm AC.

De Hidroeléctrica você tem que andar por pelo menos duas horas sobre os trilhos até Aguas Calientes, pois não há nenhuma estrada ligando esses dois lugares. Mas não se preocupe; esta caminhada é a parte mais gratificante!

Você anda o tempo todo ao lado do rio e cercado por montanhas impressionantes. Em algumas partes você passar por baixo das copas das árvores, e ainda pode desfrutar das águas cristalinas do rio.

Outra coisa importante, quanto mais perto de Machu Picchu, mais caro tudo se torna. Menos tempo em Aguas Calientes significa menos dinheiro gasto.

Alojamento e alimentação tendem a ser mais caro do que em Cusco, mas você pode encontrar albergues por cerca de R$ 50 / noite e comer por 10 soles (R$ 11) em restaurantes longe da praça principal. No entanto água e lanches são caros.

Pernas pra que te quero

Uma vez que você está em Aguas Calientes, há uma opção para economizar os  US$ 24 (R$ 80) do ônibus. Sim, você adivinhou: andar.

Esta opção é muito mais barata, mas requer bastante energia e bom preparo físico.

Você precisa caminhar 20min da cidade até uma ponte, e depois pelo menos mais 45min. Há algumas rochas que compõem os degraus e a subida é constante.

Se é difícil à luz do dia, imagine fazer isso antes do nascer do sol, quando a maioria das pessoas fazem…

Machu Picchu on a budget

 

Se você contratar um guia para visitar Machu Picchu, que custa 20 soles (R$ 23), o que eu recomendo, a visita pode começar às 6h30min, e você terá que deixar o seu albergue às 4h20min.

Há um posto de controle de ingressos na ponte; eu passei 40min na fila, e tive que me apressar para chegar na portaria entre 6h15-30min, senão teria feito a visita sem o guia.

Visitando Machu Picchu

Para visitar Machu Picchu há três opções: somente a cidadela; MP + Wayna Picchu (montanha grande ao fundo que vemos nas fotos); e MP + Montaña (uma enorme montanha de frente para a cidadela).

Claro que se você que visitar Machu Picchu gastando pouco, terá que ir somente a cidadela. No entanto, essas duas trilhas oferecem vistas inacreditáveis.

Atente para um detalhe: a van de volta para Cusco de Hidroeléctrica é às 14h40min, e se você fizer as trilhas terá que se apressar para não perder a van, ou ficará mais uma noite em Aguas Calientes e vai  gastar mais dinheiro.

Esteja ciente de que você vai chegar em Cusco apenas cerca das 21h, e este será um dia super longo e cansativo.

Dicas Extras

Para terminar, há mais duas coisas pra levar em consideração:

  • Evite visitar MP durante a alta temporada (Julho e Agosto), porque este é o período mais cheio e mais caro.
  • Você pode encontrar pacotes com bons preços em agências de viagens em Cusco, incluindo transporte, alojamento, alimentação e guia.
  • Eu fiz a reserva da viagem de Cusco a Aguas Calientes, e o guia en Machu Picchu com a agencia Qori Inka (fale com o Elias).

Estas são apenas algumas dicas de como visitar Machu Picchu gastando pouco.

Tenho certeza que você vai amar, especialmente se o tempo ajudar. As vistas são de tirar o fôlego e você vai se sentir como se estivesse dentro da revista National Geographic.

Machu Picchu on a budget
Machu Picchu e toda sua magia.

Ver vídeo: A forma mais barata de chegar a Machu Picchu (legendas em português).

6 Comments

  1. Ooiieee!
    Só uma obs, tour com o guia tem o dia todo, eles ficam antes da entrada é só chegar lá independente do horário que terá um te esperando 😉Nós chegamos tarde e tinha galera de guia montando grupo.
    E uma outra opção para economizar é acampar (o que fizemos), custa 15 soles por barraca 😊

  2. ótimo post! achei van por 55 soles e hostel por 35 soles mas acabei gastando mais em comida 😀

  3. Bem legal seu texto!!! Eu poderia ter economizado mais sem duvida. Vou divulgar, tá? Bjo

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *