Finalmente visitei o Camboja pela primeira vez. Sim, essa é a minha terceira vez no Sudeste Asiático, mas só agora fui ver os magníficos templos de Siem Reap.
Depois de uma hora de vôo de Bangkok, desembarquei em Siem Reap. O visto na chegada foi fácil e não demorou muito tempo.
Deixei a imigração com o visto em meu passaporte, e em seguida me encontrei com a Sra Sopheak, que trabalha como recepcionista no Hillocks Hotel, e o motorista no aeroporto.
Minhas primeiras impressões do carro à caminho do hotel foi que Siem Reap é muito diferente de Bangkok ou qualquer outra cidade que visitei no Sudeste Asiático. Não há grandes edifícios ou engarrafamentos, e a maioria dos moradores estão andando de bicicleta ou motos. O estilo de vida simples e descontraído me fez sentir super bem e relaxado, e gostei da cidade imediatamente.

Hillocks Hotel & Spa

Menos de vinte minutos depois chegamos ao Hillocks Hotel & Spa, um hotel boutique de luxo totalmente novo que abriu em Novembro de 2016.
Ms. Sopheak convidou-me a sentar em um dos sofás no lobby, e enquanto ela procedia com o meu check-in, outro membro da equipe veio com uma pequena toalha fria e um drink.
Hillocks Hotel and Spa, localizado no coração da antiga cidade de Siem Reap, dispõe de 38 suítes e villas com um charmoso design inspirado no estilo Khmer.

Hillocks Hotel & Spa
Ela me levou até uma vila de 60m² situada acima do nível do solo, e rodeada por jardins graciosos. Minha esplêndida vila de interior sofisticado possuía uma cama king-size, um sofá, mesa de trabalho, enormes janelas, e um grande banheiro com banheira separada do chuveiro.
Eu amei a minha varanda privada com vista para o jardim, a mistura de cores usada pelo designer de interiores, a lâmpada elegante acima da mesa, a banheira estilizada em formato de rede, e especialmente a súbita fragrância de capim-santo no ar.

Minha vila tinha também uma TV de tela plana; un colchão excelente, roupa de cama e almofadas personalizadas; produtos de higiene pessoal de alta qualidade; roupão de banho e chinelos; secador de cabelo; chá, café e água mineral complementares; mini-bar e frigorífico; cofre; AC; e acesso Wi-Fi. Havia até mesmo uma flor de lótus e um cartão de boas-vindas na minha cama, e um prato de frutas na mesa quando cheguei.

Nessa manhã eu acordei muito cedo para pegar o vôo, e depois de deixar os meus pertences no meu quarto e caminhar ao redor do hotel super arborizado, fui ao Green Hill Restaurant para provar “Khmer cuisine” pela primeira vez na minha vida.
O restaurante tinha uma ambiente fantástico! Paredes de vidro, luminárias em globo brancas, cadeiras de madeira com almofadas de couro preto, e mesas postas com requinte.
Eu pedi um dos pratos mais tradicionais do Camboja, A Mok: caril de peixe cozido no vapor em folha nano, especiarias e leite de coco, servido com arroz ao vapor. O prato teve uma apresentação requintada e estava muito saboroso (eu amo pratos com leite de coco), e eu fiquei super satisfeito pois não tive que sair do hotel, para ter uma boa refeição.

Só depois de tirar uma soneca na minha cama, que por sinal era muito confortável, sai do hotel para passear Siem Reap.
Existem dois mercados famosos no centro da cidade: Siem Reap Art Center Night Market e Angkor Night Market. Eles estão localizados à 5min de tuk-tuk do Hillocks Hotel & Spa, e tem uma série de produtos cambojanos, especialmente seda e trabalhos em madeira.
Próximo aos mercados está a barulhenta e menos agradável “Pub Street”. Cheia de restaurantes turísticos e carros tocando música alta, “Pub Street” com seu look “ocidentalizado” é amado por turistas, especialmente pelos mais jovens, mas não por mim. Preferi deixá-la para trás e voltar para o meu quarto aconchegante.

No dia seguinte, acordei às 7h, tomei café da manhã no Restaurante Green Hill e fui fazer meu primeiro passeio, “The big tour”, que visita os templos mais afastados do centro de Siem Reap. Esses templos são legais, sendo o Templo da Mulher o mais bonito.

Quando voltei para o hotel o sol ainda estava forte, e não perdi a oportunidade de me refrescar na piscina de água salgada, e relaxar em uma espreguiçadeira localizada debaixo de árvores tropicais.
Hillocks Hotel & Spa
Quando entrei no meu quarto o cheiro de capim-santo me fez sentir melhor e ainda mais relaxado. Como no primeiro dia, havia um prato com biscoitos (OMG, eu amo biscoitos), duas garrafas de água sobre as cabeceiras, e minha cama estava feita novamente. Mas desta vez, a arrumadeira deixou os controles da TV e e do ar-condicionado exatamente no lado da cama que dormi. Ela até colocou um par de chinelos para mim lá… Me senti tão especial com esses exemplos extras de carinho, afinal um bom atendimento definitivamente faz a diferença em sua estada!

Hillocks Hotel & Spa
Um dos functionaries entregando as flores e os pratos com frutas nos quartos.

Na manhã seguinte, acordei às 4h, peguei meu café da manhã na recepção, e me dirigi a Angkor Wat para ver o nascer do sol. Me juntei à centenas de madrugadores apenas para descobrir que naquele dia as nuvens cobririam o sol, e não deixaria nossa visita a Angkor Wat ainda mais especial. Quem sabe na próxima vez…
Mesmo assim, Angkor Wat, Ta Phrom e Bayon são alguns dos pontos turísticos mais impressionantes que eu já vi na minha vida. Fiquei realmente surpreso e sem palavras durante toda a minha visita.

Hillocks Hotel & Spa
O impressionante Bayon Temple.

Visitar os templos é uma maravilha, mas posso confessar que é muito cansativo porque você tem que andar muito, e debaixo do sol quente. Não sei como algumas pessoas conseguem fazer esses passeios de bicicleta.
Esses dois dias me exaustaram, e aproveitei para fazer uma massagem de corpo inteiro no Kravan Spa, do Hillocks Hotel. A autêntica massagem tailandesa foi ótima, e eu ainda tive tempo de admirar o pôr-do-sol deslumbrante na beira da piscina.

Para terminar este dia notável, comi churrasco ao estilo cambojano no Green Hill Restaurant, e foi difícil decidir o que comer,  e que molho escolher (havia mais de 10 opções). A comida estava saborosíssima, e eu amei a carne macia de cordeiro com molho de alecrim, e a boa seleção de frutas típicas.

Fui para a cama extremamente feliz por ter visitado Camboja pela primeira vez, e ter me hospedado no Hillocks Hotel & Spa.
Eu ainda passei mais alguns dias em Siem Reap, e visitei uma cachoeira maravilhosa, uma fábrica de seda interessantíssima, comunidades locais, e até aprendi a fazer açúcar com suco da palmeira.

Toda vez que eu chegava no hotel, me sentia uma “celebridade”, com todos os membros da equipe me cumprimentando e me chamando de Mr. Rosa. Eu era sempre recebido com uma pequena toalha fria (super útil depois de andar de tuk-tuk na zona rural), e um sorriso.
Infelizmente não tive oportunidade de jantar no restaurante na cobertura do spa, e de usar a pequena academia. Mas passei um bom tempo na piscina, ora trabalhando, ora nadando.

Hillocks Hotel & Spa
Botando o trabalho em dia…

Além das vilas, Hillocks Hotel & Spa, também oferece: suites Deluxe Jacuzzi, Residente e Presidential; aluguel de bicicletas; bares no lounge e na piscina; segurança 24h; transfer; e câmbio.
Enquanto muitos viajantes visitam Siem Reap por apenas alguns dias, optei por ter uma noção muito melhor do estilo de vida e cultura do Camboja, e Hillocks Hotel & Spa com sua excelente infra-estrutura contemporânea, e atendimento diferenciado fez a minha passagem por Siem Reap ainda melhor.
Sem dúvidas, à próxima vez que eu voltar a Siem Reap, ficarei no Hillocks Hotel & Spa novamente.
Boa viagem e aproveite sua estadia.

• Para checar mais detalhes, preço e reservar seu quarto no Hillocks Hotel & Spa visite a página official na internet. Para comparar preços e resenhas visite Booking e Agoda que são os sites que eu uso

• Fui convidado pelo Hillocks Hotel & Spa e todas as opiniões aqui são minhas e imparciais.  

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *