Viajar Durante a Pandemia do Coronavírus: O Que Você Precisa Saber

Depois de meses trancado(a) em casa, é bem provável que você não pare de pensar em ir para um outro lugar que não seja a seu próprio bairro e cidade.

Alguns meses atrás parecia impossível e nem mesmo pensávamos em viajar durante a pandemia do coronavírus.

A COVID-19 deixou todos cautelosos principalmente em relação à mobilidade. Mas com a pandemia controlada em alguns estados do Brasil e em outros países, e com as restrições de viagem suspensas, viajar durante este tempo sem precedentes ainda é possível.

Se você está pensando em viajar dentro do Brasil ou para o exterior, neste post eu vou contar como está sendo viajar durante a pandemia do coronavírus na Europa, baseado nas minhas viagens dentro do Reino Unido e para Portugal.

Portimão, Algarve, Portugal
Todo mundo merece uma folga, não é? Portimão, Algarve, Portugal

* Transparência: Alguns dos links neste post são de afiliados, isso quer dizer que eu recebo uma pequena comissão quando você faz uma reserva através deles. Isso nunca acarreta custo adicional para você, e parte dessa renda contribui para minhas doações mensais para uma instituição de caridade

Viajar Durante a Pandemia do Coronavírus: O que Você Precisa Saber

Quem imaginou que 2020 seria o ano que mudaria nossas vidas para sempre?

O surto de coronavírus começou na China e de repente se espalhou por todo o mundo.

Ficamos confinados em casa, fazendo fila para comprar mantimentos e assistindo as notícias comoventes e deprimentes sobre um vírus que estava devastando vidas e famílias na Itália, Espanha, EUA até chegar ao Brasil.

Parecia surreal, como se estivéssemos em um filme futurista e de terror. Mas infelizmente era a realidade…

Felizmente, a pandemia do coronavírus está controlada em alguns países e estados, pelos menos por enquanto. Pouco a pouco nossas vidas estão voltando ao normal, ou ao “novo normal” como é chamado agora.

Primeiro só podíamos sair de casa para trabalhar, depois pudemos encontrar amigos e familiares, até o dia em que finalmente fomos autorizados a viajar além dos limites de nossa cidade e país.

Nunca foi tão bom curtir os espaços públicos. Canterbury, Kent, Inglaterra

Você ainda pode estar pensando que não é o momento certo para viajar ou talvez a situação em sua cidade/país não seja boa ainda, e viajar não é permitido. Eu entendo isso e acho que você não deve viajar se esse for o caso.

Mas os países estão com realidades diferentes agora e, em alguns deles, as pessoas estão podendo fazer viagens domésticas e internacionais.

Se você está pensando em viajar durante a pandemia do coronavírus, seja para negócios ou lazer, aqui estão algumas coisas a considerar:

  • Você precisa/quer viajar durante uma crise global de saúde?
  • Você se sente seguro(a) e confiante o suficiente para viajar?
  • Viagens não essenciais são permitidas no seu estado/país?
  • A cidade/país que você quer visitar está aberta para visitantes? Confira quais países estão abertos para brasileiros aqui.
  • Como está a taxa de infecção por COVID-19 no lugar para onde você está viajando?
  • Você tem que ficar em quarentena por 14 dias no seu país ou no lugar que você está visitando?
  • A companhia aérea/hotel/agência de viagens/locadora de carros tem apólice gratuita de cancelamento?

Ao planejar uma viagem durante a pandemia da COVID-19, tenha em mente que:

  • Muitas pessoas ainda estão relutantes em viajar. Assim, você pode esperar menos pessoas nos aeroportos, aviões, ônibus, trens e pontos turísticos.
  • Algumas passagens aéreas não são reembolsáveis, no entanto, a maioria das companhias aéreas eliminaram as taxas para mudança de voos. Verifique a política de reembolso e cancelamento da companhia aérea antes de apertar o botão Comprar.
  • Para brasileiros vindo do Brasil entrarem em alguns países, como Portugal, por exemplo, você precisa fornecer um teste negativo na chegada, obtido dentro de 72h antes da viagem.
  • Você deve garantir que está ciente de quaisquer documentos adicionais de viagem que precisar para cada país que irá visitar. Por favor, verifique o que é necessário com as autoridades locais antes de embarcar. Algumas companhias aéreas, como a Latam, também fornecem essas informações.
  • Alguns pontos turísticos estão fechados durante a pandemia, enquanto outros estão operando com tempo e capacidade limitados. Verifique sempre com antecedência.
  • Pode ser que você precise comprar ingressos com antecedência e para um horário específico ao visitar um patrimônio histórico, museu, etc. Verifique o site deles para obter mais informações.
  • Você deve estar atualizado com as diretrizes do governo do lugar para onde você está viajando e seguir suas recomendações.
  • Máscaras faciais são obrigatórias, por isso, certifique-se de sempre levar uma confortável. Você pode precisar usá-la por longas horas quando estiver viajando.
  • Viajar durante a pandemia do coronavírus é altamente imprevisível. A qualquer momento pode haver restrições de viagens, quarentenas, aeroportos podem ser fechados e voos podem ser cancelados. Seja flexível com seus planos e não fique frustrado(a) se não puder viajar.

Obs.: O que eu tenho visto recentemente são férias sendo cancelados por operadoras de turismo depois que a quarentena é imposta para um determinado país. Assim, se você reservar tudo independentemente o risco é menor.

Minha Experiência Viajando Durante a Pandemia dentro e fora do Reino Unido

Está sendo um ano difícil para a maioria de nós! Para algumas pessoas mais difícil do que para outras…

Acredito que todos conhecemos alguém que perdeu o emprego e a renda, teve que dizer adeus a um ente querido que faleceu com COVID-19, terminou um relacionamento e está preocupado com o futuro próximo.

Eu passei por tudo o que mencionei acima. Além disso, minha autoestima ficou muito baixa depois que meu relacionamento terminou. Fiquei emocionalmente instável, não conseguia dormir direito (acordava por volta das 4h30min – 6h e saía para longas caminhadas porque não conseguia mais dormir). 🙁

Eu estava vivendo um dos momentos mais difíceis da minha vida e, às vezes, eu só queria escapar da minha realidade.

Foi quando decidi fazer a coisa que mais gosto na vida e que me podia trazer um pouco de alegria: viajar.

Claro que eu estava um pouco assustado e preocupado com a minha segurança e das demais pessoas.

Mas uma vez que você segue os protocolos de saúde, você começa a se sentir mais confortável com o “novo normal”, e viajar é apenas um passo adiante.

O risco de contrair a doença ainda existe, mas pode ser minimizado se você viajar para um lugar com baixa taxa de infecção, cuidar muito bem de si mesmo e cumprir as normas de saúde e segurança.

Todos nós familiarizados com essas recomendações, só precisamos segui-las.

Minha viagem de dois dias para Kent

Depois de mais de três meses trancado, finalmente saí do leste de Londres e fui para Kent.

Meu amigo e eu decidimos alugar um carro e dirigir até Dover e Canterbury.

Devido a alta demanda, a disponibilidade de carros estava baixa, e os preços mais altos do que o normal. Levou mais de uma hora para retiramos o carro do ponto de coleta, pois havia apenas dois funcionários trabalhando para cumprir as medidas de distanciamento social.

Reservamos todas as entradas com antecedência e com um horário específico; caso contrário, não seríamos capazes de visitar o Castelo de Dover, a Catedral de Canterbury e a Abadia de Santo Agostinho.

Também tivemos que escolher um horário específico para usar a piscina do hotel.

Eu gostei muito do Castelo de Dover! Embora os túneis da Primeira Guerra Mundial, que eu queria tanto ver, ainda estivessem fechados na minha visita.

As pessoas estavam respeitando as normas de segurança e eu me senti seguro.

Se ainda não foi a Dover, super recomendo a visita. As famosas falésias brancas são lindas!

O que você precisa saber sobre viajar durante a pandemia coronavírus dentro e fora do Reino Unido
Caminhar nas falésias brancas de Dover foi soberbo e me fez sentir vivo novamente.

No dia seguinte, fomos para Canterbury (Cantuária).

Tivemos que usar uma máscara para visitar a Abadia de Santo Agostinho e a Catedral de Canterbury, as pessoas estavam respeitando as regras de distanciamento social e tudo correu bem.

Poucos dias depois da viagem para Kent, fui ao Algarve.

Decidi ir para Portugal por causa das seguintes razões:

  • Portugal registrou uma taxa de infecção e morte por COVID-19 impressionantemente baixa (com apenas 159 mortes por milhão de pessoas, em comparação com 702 no Reino Unido e 479 no Brasil).
  • O número de casos no Algarve era baixíssimo (menos de 1000 casos e 17 óbitos);
  • Tenho parentes no sul de Portugal;
  • Eu tive algumas oportunidades de trabalho, então seria uma viagem a trabalho e não de férias.

*Dados do início de agosto.

Voando para o Algarve durante a Pandemia da COVID-19

No dia 06 de agosto, saí de Londres novamente, desta vez para ir a Faro, Portugal.

Eu peguei o metrô para Stratford, seguido de um ônibus para Stanstead Airport.

Antes de embarcar no ônibus, o motorista verificou minha temperatura e minha passagem. O ônibus estava operando com metade de sua capacidade, e você só poderia sentar junto a outra pessoa se estivesse viajando com ela.

Viajando durante o surto de COVID-19
Para sua segurança, lembre-se sempre de manter a distância social.

Estive várias vezes no aeroporto de Stanstead e nunca o vi tão vazio como naquele dia. Foi também a vez que passei mais rápido pelo raio X de segurança. Não havia fila alguma.

Lojas e restaurantes estavam abertos e foi um pouco triste ver um aeroporto tão movimentado vazio. Quantas pessoas podem ter perdido seus empregos…

Meu voo da Ryanair estava vazio também, eu diria com 1/10 de sua capacidade. Não havia ninguém sentado ao meu lado.

Voo da Ryanair durante a pandemia do coronavírus
Um voo vazio da Ryanair é difícil de acreditar, não é?

A Ryanair solicitou que todos os passageiros que viajavam para Portugal preenchessem e imprimissem um cartão localizador de passageiros antes de voar, mas, no Aeroporto de Faro, o oficial de imigração não pediu o cartão.

Surpreendentemente, minha temperatura não foi verificada em ambos os aeroportos.

Depois de usar uma máscara por tanto tempo (metrô + ônibus + avião + aeroportos), mal podia esperar para tirá-la. Principalmente porque o elástico estava me machucando…

Voando com a Ryanair durante o COVID-19
Pronto para decolar

Visitando o Algarve durante a Pandemia do Coronavírus

Eu estive várias vezes no Algarve e não esperava ver muitos turistas.

Mas, no dia seguinte após a minha chegada, fui à Marina de Albufeira para fazer um passeio e fiquei muito surpreso com o número de turistas franceses e visitantes em geral.

Durante o passeio de barco, todos tiveram que usar uma máscara, mas não havia distância social por causa do tamanho da embarcação. De acordo com as regulamentações portuguesas, a distância social se aplica apenas para estruturas com mais de 40 passageiros.

Na verdade, em todos os passeios que fiz, tivemos que usar máscara, seja de barco, carro ou quadriciclo.

Passeio em grupo durante a pandemia
Minha família e eu fazendo um passeio em grupo em Albufeira.

A maioria das praias do Algarve estava lotada, mas os banhistas mantinham pelo menos 1,5m de distância uns dos outros.

A Praia do Camilo, uma das minhas praias favoritas em Lagos, estava bem cheia, e eu não me senti seguro. Porém essa foi a única vez.

Muitas vezes a vida parecia normal no Algarve. As pessoas estavam curtindo os dias ensolarados e quentes, indo às praias, bares, fazendo passeios turísticos, comendo fora e fazendo compras. Claro, elas estavam fazendo isso com precauções, ou pelo menos a maioria delas.

Se não fosse por causa das máscaras faciais e das regras de distância social, você pensaria que a pandemia tinha acabado…

Mas, muitos bares, baladas, hotéis e parques de diversões fecharam devido à pandemia e o número de desempregados é altíssimo na região mais turística de Portugal.

Viagens e turismo é uma das indústrias mais afetadas pelo COVID-19.

Se você acha que viajar durante a pandemia do coronavírus é um absurdo, pergunte a alguém que trabalha na indústria do turismo ou perdeu seu negócio por causa da falta de clientes…

Embora tenha havido alguns surtos da COVID-19 em Portugal recentemente, principalmente nas regiões de Lisboa e Porto, o país ainda é considerado um lugar seguro para os viajantes.

Minha viagem a Portugal foi tudo o que eu precisava para levantar meu ânimo!

Praia da Luz, Lagos, Algarve, Portugal
Às vezes só queremos esquecer nossos problemas…

Reino Unido X Portugal: Medidas de Segurança e Comportamento das Pessoas

As diretrizes do governo e o comportamento das pessoas são as chaves para lidar com a pandemia do coronavírus.

Vamos tomar o Brasil como exemplo. A resposta do governo foi catastrófica e o “lockdown” nunca funcionou de verdade, porque as pessoas não respeitavam. Só agora, depois de quase 7 meses, o país está achatando a curva.

Ao contrário, Portugal teve uma resposta rápida e extraordinária. Eles fecharam escolas, lojas não essenciais, fronteiras terrestres, suspenderam eventos e restringiram o movimento das pessoas mesmo antes da terceira morte confirmada pela COVID-19.

E a forma como os portugueses se comportam ajudou o país a controlar a pandemia. Você consegue ver a diferença quando você mora no Reino Unido e vai a Portugal.

Em Portugal, você tem que usar máscara facial em bares e restaurantes. A única vez que pode tirá-la é quando consegue uma mesa. Para entrar, sair, pedir comida/bebida, ir ao banheiro/fumar, você deve usar a máscara. Você não vê isso no Reino Unido.

As máscaras faciais são obrigatórias nos transportes públicos em ambos os países. Mas você frequentemente vê passageiros infringindo essa regra no Reino Unido. Não vi ninguém em Portugal sem máscara facial no transporte público.

Da mesma forma, quando você se hospeda em um hotel em Portugal, você deve usar máscara nas áreas comuns. Não é obrigatório no Reino Unido. Você só precisa manter distância de 2m…

Sem dúvida, eu corria mais risco de contrair COVID-19 levando uma “vida normal” no Reino Unido do que em Portugal. O número de novos casos em ambos os países confirma isso.

Considerações Finais e Dicas Para Viajar durante a Pandemia da COVID-19

Eu sei que pode ser difícil decidir se você deve viajar durante a pandemia do coronavírus ou não. Ainda mais se você mora no Brasil.

Caso você resolva fazer uma viagem, aqui estão algumas dicas para viajar com segurança:

  • Verifique as recomendações do Itamaraty e siga-as;
  • Procure destinos, hotéis e operadores de passeios que estejam seguindo as diretrizes de segurança do COVID-19;
  • Procure estados/países onde os números de casos de COVID-19 são baixos;
  • Dê preferência a destinos próximos a sua residência e a viagens de carro;
  • Reserve tudo com antecedência e sem taxas de cancelamento/alteração;
  • Chegue ao aeroporto mais cedo do que o normal;
  • Certifique-se de comprar um seguro de viagem que cubra o COVID-19;
  • Tome bastante cuidado.

Se você seguir estes conselhos e tomar as precauções necessárias, acredito que você estará mais confiante, e seguro, quando planejar sua próxima viagem.

Boa viagem. Agora, mais do que nunca…

Mais posts que podem te interessar:

Não esqueça de salvar esses pins 😉

Planeje sua Viagem Para cada reserva feita pelo meu site eu doou US$ 1 a uma instituição de caridade. Boa Viagem ☺

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.